PMDB confirma o fim do apoio ao governo Dilma e impeachment já é possível

Em reunião ocorrida hoje, 29 de março, o PMDB confirmou por aclamação unânime o fim do apoio ao governo Dilma e o apoio ao vice-presidente da República, Michel Temer, em um eventual governo após o possível impeachment de Dilma Rousseff.

Com 69 deputados na Câmara, os votos do PMDB a favor do impeachment tornarão possível aprovar a abertura do processo de impeachment na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, posteriormente alcançar o número de 342 deputados necessários para aprovar o impeachment da presidente Dilma na Câmara e abrir o processo de impeachment para posterior aprovação no Senado. O desembarque do PMDB também pode levar outros partidos da base aliada como PSD e PP a deixar o governo, limitando o apoio à presidente Dilma apenas ao PT e suas linhas auxiliares como PC do B, PT do B e PSOL.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here