Por 40 mil votos, liberal PPK derrota conservadora e é eleito presidente do Peru

O economista liberal Pedro Pablo Kuczynski, o PPK, foi eleito o mais novo presidente do Peru. Com 99,831% das urnas apuradas pela Oficina Nacional de Procesos Electorales (ONPE), PPK venceu matematicamente o segundo turno das eleições presidenciais peruanas com 50,123% dos votos válidos contra 49,877% dos votos da conservadora Keiko Fujimori, filha do ex-ditador peruano Alberto Fujimori condenado a 25 anos de prisão por violações dos direitos humanos. A vitória ocorreu com uma diferença de apenas 40 mil votos.

PPK estudou na Rossall School inglesa, fez conservatório de piano e flauta no Royal College of Music inglês e ganhou uma bolsa de estudos para estudar filosofia, política e economia em Oxford, onde se graduou. Posteriormente recebeu uma nova bolsa de estudos para fazer mestrado em economia na Universidade de Princeton, nos Estados Unidos. Iniciou sua carreira profissional no Banco Mundial e trabalhou posteriormente no Banco Central peruano, em bancos de investimentos e empresas de private equity, além de ter trabalhado em empresas em várias partes do mundo, incluindo uma mineradora na África, uma siderúrgica na Argentina e na japonesa Toyota.

PPK já foi ministro de Minas e Energia e ministro da Fazenda do Peru. Nas eleições presidenciais de 2011, foi o terceiro colocado, atrás do atual presidente, Ollanta Humala, e da própria Keiko Fujimori. PPK é primo do cineasta francês Jean-Luc Godard e casado com Nancy Ann Lange, prima da atriz americana Jessica Lange.

3 COMENTÁRIOS

  1. A esquerda dá os últimos suspiros, na América Latina!
    A moda agora, é ser liberal!
    Agora é a nossa vez !
    Avante libertários !

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here