Home Notícias Produtor de queijos se mata depois de ter toda sua produção apreendida...

Produtor de queijos se mata depois de ter toda sua produção apreendida pelo estado

Em mais um caso onde o estado atrapalhou a vida de um empreendedor que gerava emprego e renda, levando ao mesmo trágico fim do empresário de Rio Claro, um produtor de queijos se matou em Edealina – GO após a fiscalização estatal apreender sua produção de queijo mussarela. O homem teria se desesperado com o prejuízo que estava sofrendo, em torno de 40 mil reais, fora multas.

Tudo aconteceu quando os fiscais da Vigilância Sanitária do Estado de Goiás foram até o pequeno laticínio do Sr. João Machado, conhecido na cidade como João da Queijeira, e o por “falta de documentação” informaram ao proprietário que fariam a apreensão de toda a produção de queijo.

João Machado não se conformou com a situação e num ato de desespero, enquanto os fiscais carregavam o produto apreendido numa caminhonete, pendurou-se pelo pescoço em uma corda e jogou-se dentro de uma cisterna. A corda se rompeu e ele acabou caindo dentro da cisterna, falecendo na hora.

É triste ver brasileiros que batalham e lutam por gerar produtos que atendam à população sendo perseguidos pelo estado e levados a atos desesperados quando deveriam ser livres para produzir, trabalhar, gerar empregos e melhorar a vida de milhares de pessoas.

152 COMMENTS

  1. Como podem proteger um criminoso destes? Venda de um produto onde o comprador e o vendedor entram em um comum e livre acordo? Há muitos prejudicados: O estado que ia roubar parte do lucro, a grande empresa amiga do estado que paga para ter oligopólio, o fiscal que não recebeu seu trocado.

  2. Pois é, mas quem me garante a qualidade de um produto se não tiver documentação e fiscalização? Quem me garante que o queijo não esta estragado? Produtos com fiscalização e controle apresentam de fezes ate mesmo pelos de roedores. E de industrias altamente conhecidas. Imagina então em pequenas propriedades, onde a higiene é precária.

    • É sério que você precisa que um burocrata corrupto e ineficiente te garanta se algo é bom ou ruim? Você não consegue fazer isso sozinho e precisa que um estado babá faça isso por você?

      • gostei Marcelo … só exploradores pensariam em contaminar
        um produto tão precioso como esse que foi produzido. Quem produz se esmera,
        contaminações acontecem em grandes industrias mesmo.
        não com os pequenos produtores …

        precisa investigar esses fiscais … um selo de garantia ou qualidade nada mais é que uma taxa recolhida pelo produtor na receita federal …
        não qualifica o produto.

        • Fiscal de vigilância é um bando de corruptor
          Eu tenho pizzaria em São Paulo. Eu recebi fiscal aqui. Arrumaram um monte de besteira para fechar a pizzaria. Depois descobri que era amigo da concorrência. Estava lá por outros interesses. Eu consegui me defender arrebentei o trabalho do fiscal. Mas nem todos conseguem isso.

          • Os invejosos sempre querendo boicotar o trabalho de quem está se saíndo bem!!!Ainda bem que você foi esperto, é Deus te protegendo! Sucesso!

        • Verdade Mauricia. Produtores como esse tendem a ter um zelo pelo que estão produzindo, Por que ali está o seu “suor” de cada dia. Confio na Qualidade de pequenas industrias como a do pobre senhor que se matou. Grandes empresas visam apenas lucros, FRIBOI por exemplo não me deixa mentir!

      • os leites das grandes marca estão todos contaminados com formol e ai eles tem todos os documentos em dia fruto do suborno, um pedaço de papel no Brasil só significa que vc tem boas relações com os corruptos mais nada

      • Cara também não seja tao radical, qual consumidor que vai até a origem verificar as condições de higiene da fabricação? Infelizmente precisamos sim do estado neste caso, alimento contaminado pode matar os consumidores! Neste caso o que poderia ter sido feito era uma análise e se constatado irregulidades sanitárias, não estou citando as fiscais, aí sim fazer apreensão. O estado pesa demais sua mão sobre os empreendedores e nisso concordo plenamente com a ideologia do ilisp, mas neste caso de alimentação é bom usar a sensatez também… Minha opinião, com todo respeito à sua claro, afinal ninguém precisa concordar com tudo de ninguém

        • Quem Sabe os Produtos Dele Estavam Mais Limpos Do que Aqueles Fabricado Por Grandes Fabricantes Só Talvez Ele Não Trabalhar 100% Certinho Eles Praticamente Mataram Ele. Agora Quem Vai Tar Emprego Para Aqueles Funcionários? Será o Governo Vai Tar um Real a Cada Funcionário. Não Pois se Fosse Político da Máfia do Brasil Sem Citar Nenhum Partido Pois Todos Estão Envolvidos Eles Seriam Investigados Depois Nem Iam Devolver Um Centavo Mas Esse Pequeno Fabricante Praticamente Mataram.

        • Everton em que lugar na reportagem você leu que as condições de produção e higiene eram precárias ? Além disso, por que tomar uma atitude tão extrema num caso desse? Poderiam ter dado um aviso, um prazo para ele se regularizar e até mesmo uma multa, mas confiscar toda a produção? Falta total de bom senso e preocupação com a população, pois além de prejudicar o proprietário, também os funcionários. Quantas famílias não dependiam desse emprego? Absurdo, me sinto enojada e envergonhada com isso.

          • Juliana, vc leu o que Everton escreveu? “Neste caso o que poderia ter sido feito era uma análise e se constatado irregulidades sanitárias…”
            Por favor preste atenção no uso das palavras dele: PODERIA TER SIDO FEITO, assim como E SE CONSTATADO. Em momento algum ele disse que as condições eram precárias….
            E eu concordo com ele. Deveriam ter feito a análise de um determinado numero de peças, e CASO houvesse alguma irregularidade, tomar as devidas precauções. Em não havendo, uma advertência e um prazo para regularização seria mais que suficiente.

          • Parabéns Juliana, conheço muitas famílias que produzem produtos em suas propriedades no interior com total higiene melhor até mesmo que as grandes indústrias de alimentos

        • É meu amigo, porem na reportagem está bem claro, o produto foi apreendido por falta de documentação e não por irregularidades na fabricação, como por exemplo, matéria prima estragada ou falta de higiene, ai é que ta o X da questão.

          -VOCÊ NÃO NOS PAGOU, VAMOS LEVAR SEU PRODUTO

      • Infelizmente não tem a opção de te dar LIKE viu Marcelo, pois você disse tudo o que deve ser dito.
        Infelizmente existem muitas pessoas que pensam que o estado olha para nós como seres humanos, mas somos apenas mais um número para eles, mais um contribuinte que vai pagar os impostos para que eles roubem em obras e serviços superfaturados.
        ISSO AQUI É BRASIL.

      • Pois é, esse ai quando viaja pro interior do pais deve levar todinho, garrafa de agua lacrada, pacotes de saudáveis biscoitos.

      • Concordo com você Marcelo Faria, falar e julgar é incrivelmente fácil. Quem mais acusa nada produz, quem julga e acha desculpas é um fracassado em seus projetos pessoais e, penso eu, no fundo tem inveja de quem tem persistência e força de vontade.

      • Justamente Marcelo, será que o cidadão não tem condições de discernir se algo é bom para ele? Até perfume proibiram de produzir no Brasil, parece uma futilidade, mas é um exemplo de como o estado interfere na vida das pessoas, isso é comunismo, já estão até conduzindo a vida das pessoas.

      • Pois é, e diga-se de passagem antigamente e até nos dias atuais em cidades menores, esses produtos eram feitos pelo pequenos produtores rurais, que não tinham absolutamente nenhum documento, basta o cliente averiguar por conta própria. O estado só tem feito é acabar com o empreendedor.

      • Verade, é que nem selo do Inmetro quem tem que saber se o brinquedo é bom são os pais e não um selo numa caixa, o mais interessante e ver brinquedos que antes vinham do Paraguai sem o selo era um brinquedo ruim, agora o mesmo brinquedo importado por uma importadora brasileira não é ruim, pra mim o selo do Inmetro nada mais é que uma taxa pra arrecadar dinheiro, pagou a taxa ganha o selo.

      • Excelente resposta do Marcelo… aqui também só tem fiscal ladrão 🙁

      • PRENDER QUEIJO DE PEQUENO PRODUTOR É FACIL, DIFÍCIL MESMO É PRENDER O “MOLUSCO” !!!!

      • Melhor Comentário Lido hoje na internet kkkkkk.
        Uma pena alguem pensar que o Estado precisa ser tao rigoroso assim, provavelmente nunca teve um comercio ou algo do tipo, nunca teve que pagar tantas taxas absurdas para se manter vivo.

      • E vc sr. Marcelo Faria, é fiscal de queijo? Tem conhecimento tecnico e ferramentas para medir a qualidade dos produtos que compra? Pois é, nem eu. E se seu filho ficasse doente por conta de um alimento contaminado, vc defenderia o empreendedor que o fabricou? Ou cobraria a vigilancia sanitaria? O caso foi infeliz sim, corrupçao existe sim, burocracia existe sim, mas nao é por isso que vamos entregar ao Deus dará e cada um que faça o que quiser, do jeito que quiser, no fundo do seu quintal. Pensamento radical nao leva a lugar nenhum.

        • Eu compro queijo na beira de estrada. Quem tem que saber se algo é bom ou ruim para ser comprado por mim sou eu, não um bando de burocratas e parasitas estatais.

          • Se você morrer contaminado por uma bactéria como a do botulismo, quem vai processar o fabricante? Você que já morreu? Ah, o Deus-Livre-Mercado vai fazer justiça, ok… Esses liberais…..

          • Se algo acontecer com vc sabe o que vão dizer, também o cara vendia livre e o estado não fazia nada… Convenhamos que certas burocracias são necessárias, e o que atrapalha é o excesso, mas temos que fazer algo para mudar e parar de reclamar.

        • tudo toma toddynho em caixa levado pela mamãe quando vai pra praia. cresceram empinando pipa no ventilador protegidos por muito alcool gel.

          • huheuehauheauaehaeuaheuaehaeuhaeuae, já copiei… me lembra o finado classe-media-way-of-life

        • Pessoas lindas que não sabem como funciona o livre mercado, vou tentar explicar como o mercado regularia a produção do João da Queijada. Qualquer mercado, padaria, bar, boteco e afins poderia exigir do Sr. João um laudo de qualidade feito por um laboratório ou o Sr. João como um diferencial poderia fornece-lo e caso o estabelecimento desconfie poderia fazer o mesmo e nunca mais comprar o queijo dele. O Sr. João saberia que seu produto é ruim e quebraria ou teria que melhorar a qualidade do produto. Mercado funcionando, e isso é só uma maneira, existem varias que o próprio setor pode fazer sem um governão pesado e caro metendo a mão em tudo.

      • não me lembro de, no curso da história haver sempre um fiscal pra zelar pelo cidadão.Ainda acho que a fiscalização é necessária, mas não em pequenos produtores e muito menos tão institucionalizada como as “agências reguladoras” para seja quem for.

      • Gosto do blog, concordo com algumas ideias liberais e sou contra a maioria das ideias socialistas. Mas pra mim o liberalismo extremo é tão utópico quanto o comunismo.
        É evidente que precisamos de um estado e de fiscais, esse argumento de que “eu sei o que é bom pra mim” é uma puta bobagem. Quem aqui vai fazer inspeção sanitária em fábrica? Com quais equipamentos? Fala sério

      • Não é questão de ter um estado baba intervindo por mim. Mas a fiscalizaçao de produtos e serviços garante um produto minimamente seguro e de qualidade…
        O fato de termos corrupçao é uma outra historia, e um erro não justifica outro. Não é porque temos corrupçao que devemos deixar de fiscalizar. Devemos combater a corrupçao, da mesma forma que fiscalizamos a industria

      • kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Marcelo, faça um favor: verifique absolutamente todos os modos de produção com os seus milhões de olhos, veja se os trabalhadores não estão em regime de contratação irregulares, veja, inclusive, se os produtos usados para fazer um único produto (iogurte, por exemplo) não estão adulterados, veja se a matéria bruta de toooooodos os produtos está em condições de consumo. Já que você não tem baba, multiplique-se em centenas de milhares de fiscais, e tente reger a sociedade do consumo.

    • Em pequenas propriedades eles precisam dar duro por cada cliente para poder competir com essas grandes empresas. O homem citado no artigo me parece alguém competente e já conhecido na cidade por conta de sua Queijeira. O trabalho era tão importante para ele que por conta do prejuízo ele se matou. NÃO ESTOU DIZENDO QUE TODA PEQUENA EMPRESA É DE CONFIANÇA, estou dizendo que aqueles pequenos empresários que gostam e se preocupam com sua companhia fazem produtos de qualidade e cada produto é feito com carinho.
      Obs: Sabe como é difícil ter uma empresa no Brasil? Quando você quer começar nenhum banco ou órgão do governo se importa ou oferece ajuda. Você da duro sozinho, trabalha por anos sem ter que dar uma explicação ao governo (e mesmo assim faz um trabalho de qualidade) e ai quando cresceu e começou a ganhar dinheiro o governo vai atrás de você exigindo documentos, impostos, multas etc. Não é nada fácil se manter em dia com todas as exigências do governo Brasileiro aos pequenos empresários. As grandes empresas por outro lado veem o Brasil um parquinho de diversões, eles fazem o que querem sem precisar dar satisfação e quando cometem alguma infração que destruiria uma pequena empresa, pagam uma multa milionária básica (para eles) e seguem com o trabalho.

    • É por pessoas iguais a vc que o país esta esta merda. Não consegue nem entender um texto simples, e aceita o que é imposto pelo governo. Onde no texto, vc leu que o produto apreendido tinha algum problema seja de manuseio, armazenamento, problemas de higiene no laticínio, ou qualquer ou problema no local. O motivo da apreensão foi a FALTA DE DOCUMENTAÇÃO, QUE NÃO TE NADA A HAVER COM O PRODUTO.

    • Você é um idiota e só pode ter comido muita M…. não é possível !

      A ignorância é o mau do seculo !

    • E quem garante a qualidade dos produtos dos grandes produtores? Ninguém. A fiscalização só existe para arrecadar e mais nada, não estão nem aí para a saúde do povo. Volta e meia encontra-se rato dentro de molho de marcas famosas, dentro de coca cola, fora incontáveis outros produtos que tem bosta no meio. Nessa republiqueta não há nada sério, as autoridades são podres e corruPTas, não há mais jeito.

    • isso nada é do que uma mafia formada por vagabundos tirando o direitos dos produtores de alimentos para terem lucro e mais lucros para o estado enquanto isso ladrão tem mordomia nos presídios direitos e o trabalhador so toma no rabo sou contra por isso que não voto nesses corruptos que só quer roubar o pais e coloca leis vagabundas e quem apoia é pior que eles.

    • Não sei se vc percebeu, mas não foi apreendido por falta de higiene e sim de documentação!!!

    • Seu argumento é tão ridículo quanto a ANATEL dando selo de conformidade ao IPhone 6S. Fiscal não tem noção de nada, quer só um papel. Governo quer ensinar padre a rezar missa, mas cuidar da cidade que é bom, nada. O Estado não faz nada que preste, tu acha que eles sabem sequer fiscalizar? Nego atravessa o país com carro roubado mas eles só sabem prender quem está levando saco de carvão sem documentação, ou peixe, ou tatu. ESTADO NÃO SERVE PARA PORCARIA NENHUMA.

    • Ao Marcelo. Eu cresci na roça , matavam porco sobre taboas , usavam folhas de bananeira para pelar . Pelar? Tirar a pele .
      A carne era também cortada sobre folha de bananeira .
      Vaca da mesma forma era morta no pasto repartiam os quartos levavam em um trator ou quando tinha uma gaizera. Gaizera ?
      Camionete movida a gás de cozinha .
      E te garanto essa sim era de confiança e sem papelão .
      O que garante a qualidade não é o estado meu caro . O que garante a qualidade não são os papéis . “Alias na JBS ate é” .
      Mas a qualidade e sim garantida pela honestidade de quem produz.

    • Quem te garante que você não come coisa estragada com rótulo de coisa fiscalizada? Estes selos não servem para nada! Aqui na minha região muita coisa “selada” é lixo e eu compro muita coisa boa sem passar por essa imunda fiscalização que não tem outro fim senão dar dinheiro ao governo, ai eles selam tudo.

      Meu notebook quebrou já duas vezes por causa das molas de abrir e fechar, mando na garantia e eles mandam com mola mais dura ainda, agora explodiu a parte onde fica a dobradiça, tudo com selo do INMETRO. Eu questionei esse órgão nojento e quando viram que não tem o que falar se “reservaram o direito ao silêncio”. Tenha empatia.

    • Igual a carne da Friboi né?
      Aì eu te pergunto, quem me garante que um produto com selo do Estado tem qualidade? O fiscal que come bola?

    • infeliz você…..hoje em dia se consome coisas de baixíssima qualidade,com o aval do governo,não é a toa que as pessoas estão retornando aos alimentos orgânicos, que nada mais é do que coisas feitas em pequena escala como as desse senhor ai……..continue comendo essas carnes de hambúrguer e essas salsichas sem gosto,afinal tem documentação…

    • A maioria dos produtos estragados vem de GRANDES EMPRESAS enquanto os pequenos produtores fazem com amor e carinho para garantir que os clientes voltem a comprar novamente, as grandes empresas produzem um produto robótico enquanto os pequenos produtores se dedicam a isso e ainda que algo esteja estragado eles vão e trocam, já grandes empresas lesam o consumidor pois tem o estado do lado deles, muitas vezes dando uma graninha (suborno) para um fiscal aprovar qualquer irregularidade.

    • Acho q faltou interpretação de texto sua. Não foi averiguada irregularidade na higiene e produção do produto. E sim falta de documentação (burocracia). Quem conprava dele sabia q era produção tipo caseia, sem selo ou certificação q as grandes empresas tem. O consumidor compra e tem direito de escolher se quer queijo de marca cara, ou se prefere o do seu joão ali da esquina.

    • Pelo jeito pessoal aqui entende nada de fiscalização. O Marcelo foi feliz em seu post falando sobre os riscos de nao ter fiscalização, tendo como resposta “quer que o estado babá faça tudo?”.
      Sim, eu quero. Estou pagando e é pra isso. Nao compro leite direto do produtor pois é se a vaca tiver alguma doenca, como mastite ou tuberculose? Você, Marcelo, dono do post, que defendeu tanto, tem meios caseiros de identificar isso? Tem microscópios para identificar uma taxa elevada de E. coli em um lote de leite? Se tiver, então ignore esse comentário, se não, saiba que a sua critica foi infundamentada e o dono do comentário está mais do que certo.

      • Você prefere “pagar” (leia-se ter seu dinheiro tirado à força) ao governo para fiscalizar o que come e bebe, com aqueeeela boa vontade que todo servidor público costuma esbanjar, ou prefere pagar a uma empresa de inspeção independente, cuja sobrevivência dependa da reputação e qualidade dos serviços prestados? A galera tem a maior dificuldade para entender que o Estado NÃO É A SOLUÇÃO PARA P*RRA NENHUMA! Você está pagando para um cara que não está NEM AÍ para você, porque o salário dele vai pingar de qualquer jeito no fim do mês.

    • Onde é que estava o Estado no escândalo mundial das carnes brasileiras que não viram o problema dando passe livre pra tudo que “produziam” Sr. marcelo? A é… fazia parte do esquema e todo mundo comendo carne estragada com recheio de papelão com a autorização da ANVISA. Trouxa.

    • Na boa. Frescura pura. Confio muito mais num negócio familiar como o desse senhor aí que no que uma JBS, ou outras do tipo produzem, maquiando produtos podres por meio de recursos químicos (piores que o produto podre) ou via suborno das autoridades.

    • É lamentável que exista pessoas que são a favor de atos como este, realizados pelo estado. No mínimo nunca frequentou o local de trabalho de um produtor familiar, que mesmo sem acesso às tecnologias que as grandes industrias tem, não deixam a desejar no quesito higiene. Lamento muito.

    • Marcelo aposto que nunca foi a uma pequena propriedade rural em algum interior dos Estados Brasileiros e comprou uma galinha caipira ou alguns ovos. Até mesmo queijo produzido por esses pequenos produtores são de excelente qualidade. E uma grande empresa brasileira que possuía todos os ‘Documentos’ necessários para seu funcionamento estava vendendo seu produto com péssima qualidade e totalmente duvidoso. Venha para o sul das minas gerais aprender um pouco !

    • estes grande frigoríficos com problemas da “carne podre” estavam todos sem documentação e sem fiscalização .

    • Porra sério que voce precisa de um funcionário público pra saber se o queijo está bom ou não? Aí no caso voce precisa de um psicologo.

    • ComO vc é sem imformação !
      Selo da vigilância significa nada, como acha rato na Coca Cola otário
      Cadê a vigilância fez alguma coisa ou multou a Coca Cola, otário

    • Querido, lamentável ver que seu foco turvo não alcança a situação. Deveras tu fosse envenenado por mclanche feliz, mas não fales dos trabalhadores pequenos produtores que servem seus vizinhos. Não defendo o erro, mas há muitos que buscam o acerto e não conseguem, está culpa é minha e sua, quando o Estado é ineficiente.

  3. Meu Deus, que absurdo!!
    Isso aí meus caros é a ESQUERDA/COMUNISMO na sua forma mais pura, que se consolidou agora no governo do PT.
    Garanto que agora os comunistinhas de faculdade, seguidores de Marilena Chauí, Lula e congêneres, estão comemorando neste momento a morte de ‘um capitalista explorador’, alguém que ‘explorava os pobres’.
    E seu objetivo é esse mesmo: acabar com o pequeno/médio empresário e com a classe média.
    Enchem o empresário de burocracia, cobram caríssimo por ela, ficam mudando a legislação todo momento… É quase impossível para um pequeno empresário seguir todas as mudanças e arcar com todos os tributos.
    Além disso tudo, produtores rurais ainda têm que lidar com bandos de terroristas vagabundos como MST, MTST e grupos indígenas que ficam depredando suas propriedades. Pequenos empresários têm que lidar ainda com a justiça trabalhista que é acionada por vagabundos que não querem nada com trabalho. Há um vídeo no youtube mostrando o desprezo que o ex-ministro da INjustiça, Jose Eduardo Cardozo, tratou uma senhora desesperada que perdeu TUDO porque suas terras foram desapropriadas para ‘indigenas’.
    Para este senhor ter chegado a este ponto, deveria estar numa situação financeira muito difícil. Talvez com muitas dívidas e poucos clientes para vender seu trabalho. Fico muito triste de ver isso.
    Comunistas quebraram com a economia do país e com as oportunidades de trabalho. Enquanto isso os bancos e o grande capital que apoiaram ou pagaram propina para a eleição deste partidinho furreca estão muito bem, faturando e defendendo a mesma cambada destes sindicalistas/terroristas vagabundos.
    Sr. Joao Machado, o senhor certamente está com Deus agora, e sabendo que esses canalhas ainda pagarão pelo que fizeram ao senhor.
    E agora, farão o que com os queijos dele, fiscaizinhos petistas de m#rd@? Vão mandar para a governANTA que está ‘passando fome’, pagando R$ 5000,00 por um cabelereiro?
    Eu pegaria todos e esfregaria nas suas caras, mas reservaria alguns para jogar na sede do PT e na frente da casa do cachaceiro ladrão vagabundo.
    Não esqueçam de uma coisa, funcionariozinhos públicos petistas que tem sua ‘estabilidade’ : os governos estão todos quebrados. Uma hora vai sobrar pro salarinho de vocês também. E vai ser bem feito. Aí, lembrem-se deste senhor.

    • Vai dar meia hora de bunda e parar de falar merda na internet, agora todo merda que tem um pc fica fazendo textão na internet, ninguém liga pra sua opinião, vai arranjar uma trouxa de roupa pra lavar kkk

      • “Vai dar meia hora de bunda”
        Não, obrigado, isso é coisa de esquerdista. Eu sou de direita.

        “agora todo merda que tem um pc fica fazendo textão na internet, ninguém liga pra sua opinião,”
        Aqui temos liberdade de expressão. Esse negócio de cercear liberdade de expressão é coisa de governo comunista/esquerdista.

        sua opinião é diferente da minha de esquerdista = você é merda, ninguém liga pra sua opinião
        Vai fumar maconha no seu DCE.

      • Ah, tá se incomodando com um ‘textão’? É isso que incomoda o esquerdinha?
        Não me admira… pra quem diz que ‘odeia a classe média’ o que incomoda é o texto com opinião oposta.

        O desespero e morte deste produtor por causa da burocracia esquerdista e crise econômica vale muitos textos e merece que se fale muito disso. É isso que incomoda as pessoas de bem do país.

        • kkkkkkkkkkkkkk até o nome do cara é do tipo “guarani kaiwoa”, não espere muita coisa do cara nao

    • “um produtor de queijos se matou em Edealina – GO após a fiscalização ESTATAL apreender sua produção de queijo mussarela”
      “Tudo aconteceu quando os fiscais da Vigilância Sanitária do ESTADO de GOIÁS foram até o pequeno laticínio do Sr. João Machado”

      Marconi Ferreira Perillo Júnior (Goiânia, 7 de março de 1963) é um político brasileiro, filiado ao Partido da Social Democracia Brasileiro (PSDB). É o atual governador de Goiás, estando em seu quarto mandato (1999 a 2002, 2003 a 2006, 2011 a 2014, e atual mandato de 2015 até 2018).

      Vish!!! Agora eu já li, kkkkkkkkkkkkk!!!! E nem sou petista. Mas um pouco de informação não faz mal há ninguém, kkkkkkkkkkkk!!!!

      • E? Desde quando liberais defendem os social-democratas do PSDB? Realmente, um pouco de informação não faz mal a ninguém.

      • Oh, o governador é do PSDB… GRANDE M.E.R.D.A

        Não sabe o que significa PSDB?
        PSDB = Partido da SOCIAL democracia brasileira.
        Democracia SOCIALISTA.
        Quem é mesmo que ficou contra o impeachment do Lula em 2005? Quem é mesmo que ficou contra o impeachment desde o início? Quem é que disse que se deveria ‘confiar nas instituições’? Quem é que foi no exterior dizer que ‘Dilma é honrada? Quem é mesmo que têm se omitido de fazer oposição há 14 anos?
        Quem é mesmo que implantou as urnas eletrônicas? Quem é mesmo que iniciou o repasse de verbas para o MST?

        PSDB é o PT de terno e gravata. PSDB é o PT que sabe usar os talheres.

        Ah, e que partidinho quebrou a economia do país? Um país que estava crescendo no final de 2002?
        Que partidinho deixou um deficit de 150 BILHÕES e fez o país ser rebaixado por agências de investimento?

        “E nem sou petista. Mas um pouco de informação não faz mal há ninguém”

        Informação a gente tem bastante. Bem se vê que você ‘não é petista’. Essa é a nova desculpa.

  4. E o governo cagando e andando, já que NÃO SERÁ responsabilizado por estas mortes.
    Brasil, onde o poste mija no cachorro.

  5. Lamentável e triste. Mas espero que o próximo empresário em vez de se matar, pelo menos leve meia dúzia de políticos corruptos junto.

  6. mas quem me garante a qualidade de um produto se não tiver documentação e fiscalização? Quem me garante que o queijo não esta estragado? Produtos sem fiscalização e controle apresentam de fezes ate pelos de roedores. E acontece com industrias altamente conhecidas. Imagina então em pequenas propriedades, onde a higiene é precária.

    • A iniciativa privada. Existem N regulações privadas (como as ISOs) que garantem isso de forma melhor e mais eficiente do que o estado. Fora a troca de informações entre os próprios consumidores. Não é preciso um punhado de parasitas para definir isso.

  7. Ho meu caro..quer dizer que na cozinha da sua casa..por nao ser industrial , tem pelo e fezes de rato ?

  8. produto clandestino muitas vezes é melhor que produto legal , muitos produtos fiscalizados estão mandando o povo a falta de saude por exemplo leite com formol vcs acham que produtos embutidos saõ feito com produto de primeira não senhores é feito muitas vezes com carne podre procurem os funcionarios de uma fabrica de embutidos que eles dizem que não consomem o que fabricão

  9. Durante séculos o mundo viveu com queijo não regulado pelo estado e agora uns manés precisam do estado pra garantir o que? que queijo é queijo?
    Não percebem que defendendo regulações do estado destroem o pequeno produtor e ajudam as grandes corporações?

  10. Não concordo com vc e em mais facil um agricultor de pequeno porte lá das grota ser honesto e fiel com seu cliente q os nosso engravatados na república. ..

  11. SIF = SERVIÇO DE INSPEÇAO FEDERAL,,,,VOCE JA LEU ISSO EM ALGUM PRODUTO COMESTIVEL…..ACREDITOU,,,PARABENS, VOCE REALMENTE É IDIOTA,,,,,

  12. Estado ineficiente e corrupto NADA tem a ver com necessidade ou não de regulação.
    Deve SIM existir fiscalização por parte do Estado, e os corruptos e malandros devem ser punidos.
    Sou Engenheiro de Segurança do Trabalho e vejo diariamente projetos, memoriais e laudos feitos por “engenheiros” conhecidos e até aclamados que são uma completa vergonha! Total falta de conhecimento técnico e bom senso. São queridinhos das empresas e de sindicatos patronais, mas no fundo são uns incompetentes.
    Depois que um trabalhador morrer por causa destes projetos esdrúxulos, não adianta X ou Y tomar uma ação. A fiscalização deve acontecer antes, de forma preventiva e deve PUNIR de forma RIGOROSA quem está errado.
    Se houve corrupção ou falha por parte dos agentes fiscais, é outro assunto, e deve ser investigado.
    A posição do ilisp sobre “não necessidade” de regulação é RÍDICULA.
    E para opinar sobre um assunto, deves primeiro conhecê-lo. ISO não é regulação (sequer existe algo como “regulação privada”). É norma técnica, tais como as ABNT. O Estado brasileiro é quem determina quais são as obrigações legais, e não a ABNT, nem as ISO, EN, ou ANSI.
    Tu tem todo o direito de criticar como é feita a fiscalização. Eu mesmo acho algumas leis ridículas, e alguns Auditores-Fiscais do trabalho mais ridículos ainda, mas acredito que a fiscalização deve sim existir, só que de forma correta e honesta.

  13. O queijo é um dos poucos produtos se não for feito com higiene ele não presta. O queijo contaminado incha, fica todo rendado, não parece ser o caso deste produtor. Mais uma vez vimos uma ação covarde do estado contra um trabalhador.

    • Nem todo queijo contaminado “incha”, apenas se for contaminação por coliforme termo tolerante (fecal). Existem diversas doenças transmitidas por alimento feito com leite que não causam alteração aparente, um exemplo leite de vaca com brucelose.

  14. Este é um país onde libera bolsa prostituta e os políticos ladrões comprovadamenteb tão soltos

  15. Quanto otario achando que tem razão, descanse em paz esse trabalhador e sua família, espero que não cheguem a eles essas mensagem idiota defendendo a ação do estado.

  16. Penalidade nesse caso, todos concordam. O que não concordamos é com o tipo adotado. Poderiam arrolar testemunhas na ocasião se o produtor é antigo, sem queixas, apreender amostras fotografar o lote inteiro, proibir a sua comercialização até o mesmo se pagar multa e começar a adequação com data para terminar.

  17. Olha pessoal não entro no mérito quanto a legalidade do empresário em seu funcionamento, mas o material que ele utilizava é um investimento caro para ele produzir e assim criar empregos diretos e indiretos , a compra e matéria prima também. É fácil para o estado simplesmente prender este material é prejudica-lo , más cadê a inserção e o auxílio para a legalização? Ele era um trabalhador, não roubava.

  18. Esses paises de primeiro mundo são muito esquerdistas porque contam com uma vigilancia sanitária altamente atuante e que atrapalha muito a população. Vocês viram o video do cara a favor do Brexit que queria queimar a bandeira da União Europeia? Não conseguiu porque tem uma norma europeia que diz que a bandeira tem que ser feita em material a prova de fogo.
    Se fosse eu mandava todos os parasitas publicos do SIF embora e não exportava pra mais ninguem já que todos os países exigem a garantia do governo para as exportações. Excelente solução!

  19. Simplesmente apreender toda a produção de um produto perecível, por simples falta de documentação é um exagero.

    O Estado poderia certificar os produtos, como uma forma de selo de “qualidade”, dai as pessoas poderiam escolher, qual produto comprar, de acordo com seu grau de conhecimento dos produtos.

    O que não dá pra admitir, é o cidadão querer produzir e ter de depender da autorização do Estado para tal. É o Estado que tem que provar que o produto produzido é prejudicial e não o contrário!!

  20. Lidos os comentários…já que alguns se comportam como infantilóides que crêem no Papai Noel e Coelhinho da Páscoa, – sejam carneirinhos bonzinhos que eles vêm – seguem algumas verdades do “Submundo da corrupção”, fora dessa “terra do nunca” que vocês vivem :
    O João da Queijeira ( reconhecido na cidade pelo sobrenome QUEIJEIRA – sinal que não começou ontem na atividade ) sabia e SEMPRE SOUBE que qualquer derivado de leite precisa de certificação. Só que nos bastidores funciona assim:
    O João, que não tinha nenhum conchavo/padrinho político e não “manobrava por cima”,isto é, pagando propina direto ao diretor da agência reguladora, via-se frequentemente chantageado por essa escória parasita chamada “FISCALIZAÇÃO SANITÁRIA”, onde os mesmos iam com frequência pegar sua parte mensal das vendas “pra deixar tudo quieto”. Aí um dia, cansado de ser achovalhado pela milésima vez pelos “SÓCIOS VERMES” e sabendo que NADA de errado havia com seus queijos, tomou essa atitude . Isso mostra a desgraça em que estamos metidos, um Estado opressor que só libera o “SIF”, “SIE” ou “SIM” , se a “mágica acontecer”. Ou você paga ao partido político que controla o órgão, ou paga ao diretor do órgão que morde uma parte e repassa uma parte pro partido ou PIOR… paga uma parte ainda maior do seu trabalho para os FISCAIS, que mordem uma parte, mandam outra parte pro diretor e mais uma parte pro partido político. E o que acontece se você denunciar? Além das ameaças de morte, irão a cada 48 horas em sua linha de produção fazer “inspeções de rotina” e mesmo que não encontrem um pote de vidro sujo, sabotarão sua empresa e chamarão a imprensa para constatar as péssimas condições que se encontram o lugar, depois de terem soltado um saco com baratinhas francesas e tirado as fotos para documentar …. RATOS,VERMES, NOJO dessa CORJA IMUNDA chamada “ESTADO FISCALIZADOR”. Em países sérios, entidades CIVIS de controle, munidos de manuais técnicos, bastaria para evitar esse pagamento sórdido de propinas em todas as escalas. Mas somos explorados e esculhambados desde que trocamos Pau-Brasil por espelhinhos e miçangas, coisa de 516 anos… Empresário que quer ser honesto num país cercado por fezes, é como uma maçã boa em uma cesta de maçãs podres, em pouco tempo sucumbe.
    Desabafo de um ex-pequeno empresário sufocado do setor de laticínios, não me matei, mas pensei por diversas vezes.

  21. Enquanto isso nesse momento já fomos roubados em bilhões por atos corruptos de algum crápula contra o povo brasileiro e tem gente brigando e dando uma de moral contra um pequeno produtor……

  22. Mandam esses fdps ir nas favelas e apreenderem cocaína , maconha , crack , ai eles vão ver o que é bom para tosse .

  23. E quem garante a qualidade dos produtos dos grandes produtores? Ninguém. A fiscalização só existe para arrecadar e mais nada, não estão nem aí para a saúde do povo.

    Volta e meia encontra-se rato dentro de molho de marcas famosas, dentro de coca cola, fora incontáveis outros produtos que tem bosta no meio. Nessa republiqueta não há nada sério, as autoridades são podres e corruPTas, não há mais jeito.

  24. Gente, grandes empresas são muito mais prejudiciais à Nossa saúde do que esse mero pequeno produtor, só que os grandes pagam para não serem fiscalizados, pagam propina, subornam é muito outros. Se esse aí pagasse suborno aos fiscais estaria livre como os grandes país filho da puta esse.
    E tem uns que se orgulha de ser brasileiro….

  25. Meu pai, minha mãe, meus avós nunca viram e ouviram falar em controle de qualidade muito menos de inspeção federal de produtos, moravam na roça tudo que consumiam era produzido no sitio e tinhan muito orgulho de ser Brasileiro, já eu dia a dia fico desacreditado.

  26. Tenho um projeto para instalar uma agroindústria de queijo,e vendo a incomodação que estava a me meter resolvi abandonar o intuito, pois às instituições do governo não tem qualquer interesse em auxiliar a quem não lhes enche o bolso.

  27. Sabe a unica coisa que tenho a dizer sobre isso… è que tenho a maior vergonha do mundo em falar que sou brasileiro que faço parte parte dessa merda de pais que só sabe roubar !!!

    Obrigado Gestão Brasileira pela merda que vocês São !!!

  28. Vendo dois lados da moeda…. Queijo produto altamente perecível transportado de maneira errada pode causar uma forte intoxicação…. Emissão de nota fiscal todos nós temos obrigação ( tributo é alto e pra ir pro bolso de bandido corrupto é sim mas é a lei que todos os empresários engole quieto ) Então por lei a abordagem foi correta o produtor não emitiu a nota e transportando o queijo de maneira errada… Sinceramente o cara tem 100mil pra comprar uma hillux e não tem 20mil pra comprar um fiorino refrigerada ??????????? Resumindo ostenta de hillux e os clientes que se lasquem se pegar uma intoxicação…. Deixem de ser hipócritas pois quando a margarina do mercado vem estragada vocês vão lá reclamar que não foi bem refrigerada e bla bla bla bla então …. É a mesma lei, se tivesse emitido uma nota fiscal tivesse numa fiorino de 20 mil pensando na quaidade que ia vender seu produto estaria vivo produzindo … é mais um espertinho esse produtor ai….

  29. Infelizmente grande parte dos ficais, fecham estabelecimentos bons e tradicionais apenas porque não receberam propina.
    Outro dia o Restaurante de uma amiga recebeu uma multa de R$20.000,00 porque ACHARAM uma RAPADURA dentro do armário do vestiário dos funcionários, o Restaurante de minha amiga é de COMIDA JAPONESA, tentaram explicar que não usam RAPADURA em nenhum dos pratos JAPONESES, mas, como minha amiga não pagou a PROPINA, multaram o Estabelecimento.

  30. Por que uma empresa desse porte estava sem documentos? Era uma produção artesanal? Que tipo de documentos eles queriam? Será que era por falta de documentos ou por não pagar propina para os fiscais? Esse tipo de problema autua-se e o empresário tem um prazo pra corrigir e apresentar os documentos!! Acho estranho terem feito isso na primeira visita!! Tem que ser investigado, pois se for isso mesmo, houve ai um exagero e talvez abuso de autoridade…

  31. Pedro de Alcântara Francisco Antônio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon

    Pobre produtor rural que só queria colocar um produto caro e de procedência altamente duvidosa na mesa do trabalhador que se mata pra poder dar alimentação pra sua família. Realmente é um absurdo, como é que esse produtor iria saber que precisa de toda uma documentação que ateste o mínimo da procedência do que ele fabrica. O consumidor é mal também, só quer coisa boa…

  32. É muito mais fácil o pequeno produtor manter qualidade do que as grandes indústrias que só pensam em lesar o cliente através do sistema de multiplicação dos produtos agregando produtos toxicos e muitas vezes adulterando e até contaminando o produto final, porém com soltam grana para os fiscais ninguém se importa com nada.Se a questao com esse produtor era somente documentação irregular não precisavam ter apreendido a mercadoria e sim ter instruido o produtor.Lamentável a posiçao do Estado e o desespero o qual se encontra o trabalhador brasileiro, que muitas vezes não vê uma luz no fim do túnel, não se apega a Deus e acabam tirando a própria vida.

  33. Laticínio clandestino! As leis são específicas e claras e são para todos, se ocorresse o oposto, ou seja, um consumidor viesse a falecer por consequência de um produto estragado (principalmente sendo uma criança o que dá maior percussão) a sociedade se revoltaria e cobraria atitude do Estado. Não existe uma nação desenvolvida se esta não satisfaz os desígnios constitucionais. O produtor deveria ter assumido as suas consequências de seus atos erguido a cabeça como todos fazem e recomeçar novamente de maneira prudente, infelizmente foi tomado pelo desespero que o levou a cometar essa tolice.

  34. O estado irá ruir, o povo irá acordar. Eu tenho 20 anos e pelo que já vi do mundo, adquiri o sonho de vingança, farei o que puder para conseguir cumprir meu objetivo. O sangue será como orgasmo, negarei o bem se preciso for, mas matarei TODOS desgraçados que fazem esse tipo de atrocidade acontecer. Só me falta patrocínio, pois eu morrerei por essa causa.

  35. Se ele fosse de uma grande empresa de carnes e colocasse 1kg de papelão para cada 2kg de carne, esses ratos desgraçados deixariam vender se o mesmo pagasse a parte que a máfia estatal cobra. IMPOSTO É ROUBO SEUS FELA

  36. Como pode vir um monte de OVOMALTINO, criados com leite ninho, falar e criticar a atitude de desespero do trabalhador? Filho da boa senhora não sabe o que é ter seus sonhos e esforços perdidos, sem ter como se defender.

    O ESTADO precisa dar condições reais para que “os documentos” sejam alcançados, não cercear a possibilidade de haver a tal “higiene”. Não me venha com programas falsos do “guvernu”.

    Não sei a fundo deste caso, li somente esta notícia, que não foi contestada ou dada prova contrária. Logo, assumo a posição de que ela seja verdade.

    Então, o coitado que deveria receber orientações para gerar o bom produto, que agora se foi, é o julgado pelos meninos “criados com vó”.

    Tem filho da PURA para ter todo tipo de opinião neste país.

  37. Que triste o que essa família passou e está passando.
    Mas não podemos ser cegos ao ponto de aceitar que qualquer erro, roubo, desvio… Seja ignorado apenas pq é empresário que gera emprego.

    Concordo que nosso país é o pior para empresários e que para se manter no mercado infelizmente é preciso “burlar” a justiça, mas sem sempre isso é justificativa.

    De qualquer modo, meus pêsames a família.

  38. O estado q deveria incentivar a produçao, faz o contrario . É repulgnante! Só explora o trabalhador. Neste caso o estado deveria notificar somente e no minimo prestar uma consultoria p colocar a produção conforme as normas exigida. Mas não só nosso estado mas cm todo o pais, tudo é motivo p multar, são fabricas de multas.

  39. Fiquei muito triste pela família desse pequeno produtor. Porque quando se trata de empresas nível BRF, a coisa é facilmente resolvida pelo suborno, proprina e manipulação. Ao empreendedor que fornece nas pequenas localidades, fica o rigor da fiscalização inflexível e o peso da mão estatal.

  40. Bando de bandidos,desgracados e amaldicoados,tantos bandidos no mundo,mas so perseguem os trabalhadores,pais de fafamias!estão agora satisfeitos seus caufaz,que vivem de fazer desgracas aos honestos!É como passar na Policia Rodoviaria e ver muitos veículos surradinhos dos honesros trabalhadores,todis se acabando no s e na chuva e os donos desesperadis por não ter como trabalhar a pé. Todos vices não tem coração e fazem essas coisas so pra desgraçar a vida do proximo!!
    Tenho certeza que este senhor trabalhador há está nos braços de Deus e vocês vão ser hulgados no inferno!!!

  41. Vigilância sanitária trabalhando pra apreender queijo de pequeno produtor/laticínio…. Pode esperar que vem aí a nova empresa do grupo JBS. A FREE QUEIJO!

  42. Só tem ideia burra aqui. Caraca, temos um monte de fiscais honestos e não é qualquer bosta de esquina que deva ser vendida aos caralho por aí n. Liberais insanos… Eu compro no mercado com a segurança de que nenhum imbecil colocou pó de osso na minha farinha pra ficar menos custoso. Gente ridícula com pensamento pequeno revendo essa merda um ano depois… Nesse blog nada a ver.. Gzuz para onde caminhamos?

  43. Eu também quero entra no debate pra xingar kkkk
    Meus caros o cara não tinha a documentação então os ficais deita e rola infelizmente o suicida não tinha o dinheiro da propina para ele ter um preju de 40.000 mil ele envestiu os únicos 10.000 ou pegou a juros abusivos, tem um senhor aqui perto que tem umas vaquinhas, vacinadas, bem cuidadas, o queijo ,a manteiga um espetaculo só não tem os conservantes ,pois é orgânico estraga rápido eu quero que se foda governo vou continuar comprando do tio ele não tem a documentação pois a mesma é um valor abusivo eu pago 5,00 reais em 2 litros de leite fresco vocês acham que vou pagar mais para o governo um leite que fica 6meses fora da geladeira e não estraga só quem é burro, viva o Brasil é lotado de burros

  44. Não vou nem comentar os questionamentos do José , uma coisa é certa pode ir atrás que os fiscais já haviam notificado o mesmo a se regularizar, e ao contrário do que diz o amigo o Brasil está mudando para melhor, com profissionais sérios que fazem a diferença, se os fiscais tivessem ido lá recebido propina e fossem descobertos estariam fudidos, com horanram sua profissão e seu compromisso com um alimento seguro é criticado também , então sejam criticados fazendo a coisa certa, parabéns aos profissionais e meus pêsames a família do falecido

  45. A ineficiência do Estado se mostra pior quando tentam ser eficientes… Estado mínimo já!

  46. Alguém se importou o homem morreu gente devido a falha nesta fiscalização que foi muito absurda
    Este homem deve ter consideração e poderia ter feito uma cooperativa em vez de fazer o que fez, procurar um advogado tem a defensoria pública que faz gratuito enfim 3 mil saídas e ele morreu
    Vamos orar para que ninguém morra em vão neste País.

  47. um estado falido, povo explorado, uma taxa de imposto muito alta, muitas vzs produtores precisando triplas pra desviar o imposto para conseguir sobreviver na agricultura e empresários …fim da corrupção, pq não analisaram um queijo sé fosse comercilizavel, ao invés de acabar com uma vida, imaginem vcs o desespero desse homem a ponto de fazer o q fez, com a era PT so se criou vagabundagem nesse país…

  48. Qualquer produto de origem animal precisa do selo SIF, que atesta a qualidade. Para a proteção dos consumidores. Sem esse selo, os produtos são mesmo recolhidos. Se fosse o inverso, algum consumidor doente por produto contaminado, tenho certeza que todos iriam exigir fiscalização.

  49. O estado só pega, só fiscaliza quem é legal!!!

    No nosso país o certo é o errado,e o errado é certo!

  50. Gente dessa vez foi o nosso João da Queijeira, Amanhã pode ser o nosso Zé da Budega, Junior do Leite, Juninho do Pão, Marcelo da Queijada, Pessoas trabalhadoras que vivem em Interior da Cidade e que Contribuem a longos anos com a sua Cultura passada de Pai pra Filho e ter que ver seu Sustento (Trabalho) ser levado por Fantoches do Governo e uma Multa que levará longo tempo para ser Quitada Infelismente O Pais ta Regreedindo

  51. Poderiam ter dado um prazo para o produtor providenciar a documentação necessária. Apesar de saber que a burocracia e a Caristia para arrumar a documentação é imensa. É isso dificulta muito. É muito triste toda essa situação.

  52. O pequeno produtor tem zelo pó seu produto e pelo seu nome. São sei maior patrimônio e propaga da! Só pelego vai achar que o cara vai vender produto contaminado, o pequeno produtor por seu produto na mesa da própria casa, não arriscaria a própria família!

  53. Antes de defenderem a vigilância sanitária atentem para esse ponto: A alegação para o produto ter sido apreendido foi a falta de documentação, a apreenção não foi feita por ter sido encontrada irregularidade.

  54. Se este empreendedor estava produzindo seus queijos e estava comercializando d porque seus consumidores já conhecem o produto é tem confiança no produtor assim que funciona em diversos países da Europa teria que levar estes que se dizem fiscais para conhecer estas realidades pois se eu compro para o meu consumo sempre observo as boas práticas de higiene e qualidade

  55. É assim, eu não faria o que esse comerciante fez, mas se fizesse levava uma meia dúzia comigo…

  56. A verdade é que o Brasil é um país sem jeito, onde a corrupção está em todos, e ainda tentam justificá-la ao dizer que tem piores. ._.

  57. Estado fdp.
    So serve pra atrapalhar A vida das pessoas
    Desde quando precisa de um papel pra produzir ou vender? Quem tem q se acertar sao vendedor e consumidor.
    Eu como consumidor nao quero papel algum selo algum e porcaria alguma. Se alguém quiser q opte por empresas q o façam mas nenhuma deveria ser obrigada a faze-lo.

    • Claro, e com isso pessoas morrerão, inclusive você por comer produtos infectados com aparências boas. ._.

    • Marcelo, estou totalmente contra a atitude do fiscal, no mínimo despreparado para tal função. Mas a formalidade nos negócios tem que haver sim. Desse jeito você prega a anarquia total. As pessoas vivem numa sociedade, onde todos precisam de serviços, legalidade, etc. sem impostos, a gente não consegue se organizar.

  58. A vigilância sanitária foi criada para orientar antes de punir. Eles erraram feio….pq primeiro dá as orientações e precauções, e não chegar e logo metendo a mão. Mas se não existisse ela, o que seria de nós? Sabe pq não há muitos fiscais atuando nos estabelecimentos? Pq a vigilância sanitária, venho para educar, mostrar, orientar aos empresários, que ao trabalhar para um público, temos sim, que respeitar a higiene sanitária sempre. Esse órgão não visa dinheiro, é por isso que não tem mais fiscalização eficaz. Mas lamento pelo ocorrido com esse produtor de queijos. Mas a lei pega todos de surpresa. Por isso que, por menor que seja o negocio, é melhor está dentro dos conformes em tudo.

  59. chega de paga pau para este brasil maquiado só falam mentiras só fazem merda enganam velhos crianças alegados e os bestas achando que tem leis que o protegem tudo mentira veja as roubalheiras das autoridades e políticos e não se fazem nada para mudar eu estou revoltado com tanta injustiça inclusive com eu e com minha família eu mataria todos e bebia um copo de sangue de cada um

  60. Realmente é desesperador perder toda a produção para a vigilancia mas acredito que, todo beneficio tem seu custo esse senhor poxa poderia ja ter regularizado sua empresa prq qndo a fiscalização aparece na primeira vez eles certamente te darão um prazo pra que seja feita a regulamentação e depois talvez não seja o caso desse senhor mas se por ventura venha a aparecer qlqr tipo de contaminação em um cliente que por outro motivo se intoxicou com outro produto mas comeu o queijo ai todos cairiam em cima da vigilância por que não fiscalizou então estamos vendo dois pesos e duas medidas, infelizmente esse caso não teve um desfecho bom mas isso serve pra que nos mesmo procuremos acertar as coisas valew galera

  61. No mínimo estranho… Acredito que haja trabalho honesto dentro do ESTADO sim… Mas descartar alimento sem dar o beneficio da duvida? Sem considerar outros aspectos? Se é no RJ tem maracutaia.

  62. Na verdade, o fiscal agiu com muita truculência, fazendo o pequeno empresário se desesperar. Falta de documentação, informalidade, não quer dizer necessariamente que poderia haver falta de higiene no local, mesmo porque isso é ou seria assunto para a vigilância sanitária do município. Lamentável, que um fiscal mal preparado não soubesse avaliar tudo isso.

  63. É um verdadeiro absurdo, uma tamanha injustiça , era simples , levar para análise caso houvesse irregularidade aí sim tomar medidas cabíveis , agora o caso de informalidade é simples é apenas legalizar se for este o problema. Se vocês fossem em Brasília verá que há muita irregularidades e empresas fantasmas prestadoras de incríveis serviços para o estado e não fazem nenhum tipo de vistoria ou auditoria . Brasil invertido , sinto nojo é repulsa do nosso governo .

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here