Professor desmente “Pragmatismo Político” sobre caso Lula: “não disse que havia ilegalidade”

O portal de notícias socialistas Pragmatismo Político, que já recebeu patrocínio de estatais envolvidas em corrupção, publicou que o professor de processos penais Renato Brasileiro havia dito que a operação da Polícia Federal contra Lula seria ilegal.

O professor, após ser questionado por um de seus seguidores, desmentiu o jornal em seu Facebook e respondeu:

“Meu caro Pedro Henrique, absolutamente lamentável a utilização indevida do nosso vídeo. Em momento algum disse que teria havido alguma ilegalidade, até mesmo porque não tive acesso à decisão judicial para poder atestar sua verdadeira finalidade. Já enviei um e-mail ao referido site com o objetivo de retificarem a informação. Obrigado. abs.”

Veja abaixo:

pragmatismo político

7 COMMENTS

  1. Aquele site não é de humor? Sempre que entro lá, dou muitas risadas… Não acredito que alguém leve aqueles devaneios a sério.

  2. Antes de tudo, é bom dizer que não sou petista, não defendo Dilma, Lula, o PT ou tampouco da oposição de direita. Mas é preciso dizer uma coisa. Acho forçado dizer na matéria “O portal de notícias socialistas Pragmatismo Político, que já recebeu patrocínio de estatais envolvidas em corrupção”. A maioria dos filmes nacionais, por exemplo, recebem patrocínio da Petrobrás. Não é isso que deslegitima a notícia, achei oportunista demais essa frase. Assim também podemos dizer que “Tal canal de televisão, que já passou propaganda de empresa corrupta”, “A folha de são paulo, que já recebeu patrocínio da empresa x”, e por aí vai. Ai deslegitimamos todas as notícias de todos os jornais por conta da estatal ou da empresa xyz estar envolvida em corrupção. Mais jornalismo, por favor.

  3. O luciano ayan foi duramente atacado, mas eu sou um conservador liberal… e defendo o Luciano Ayan, o seu material é bom e preciso, nao concordo completamente com ele, mas isso nao invalida seu material em hipotese alguma.

    O Paulo Henrique Amorim é o pior de todos, esse cara mente demais!

  4. Segundo a imprensa, quem disse isso foi o ministro do STF Marco Aurélio de Mello e o ex- ministro da Justiça do FHC José Gregori.

  5. é bom que tenha mais mídias denunciando as falácias da blosta, se deixar tudo pro Luciano Ayan sobrecarrega

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here