Quênia, na África, bate recorde mundial de transações financeiras via celular

Em outubro de 2015, as transações financeiras realizadas no Quênia, África, chegaram a 23 bilhões de dólares, 4 bilhões de dólares a mais do que o mesmo período de 2014, batendo o recorde mundial de transações financeiras via telefone celular.

Mesmo o Quênia sendo um país pobre e com baixa liberdade econômica (ocupa a 115° posição no índice de liberdade econômica do Heritage Foundation, à frente do Brasil, inclusive), a iniciativa privada do país adaptou as soluções bancárias para os celulares comuns, que chegam mesmos aos quenianos que não atendem aos requisitos para abrir contas em bancos, permitindo que todos usem o aparelho celular para pagar contas, efetuar compras, realizar depósitos e receber dinheiro.

Vale lembrar que, no Brasil, o governo criou o Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST), que tem como objetivo subsidiar serviços de telecomunicações para camadas mais pobres da população. Apesar de representar 1% do faturamento das empresas do setor, apenas 1,6% do fundo foi usado até hoje para este propósito.

O Quênia é exemplo prático de como o capitalismo e o livre mercado são a solução para muitos problemas sociais, além de serem bem mais eficientes do que qualquer política estatal.

Com informações do Meio Bit, O Globo e RT.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here