Restaurante é atacado por petistas após dono reprovar homenagem a Dilma

A página no Facebook do Restaurante “A Favorita”, de Belo Horizonte, está sendo atacada por petistas após o proprietário do estabelecimento reprovar uma homenagem a Dilma Rousseff feita por um de seus funcionários.

Dilma, pré-candidata ao Senado por Minas Gerais, esteve no restaurante na última sexta-feira (20), quando recebeu uma sobremesa com a frase “Sempre Nossa Presidenta”, escrita com chocolate no prato. A imagem foi divulgada no Instagram da ex-presidente:

Dilma divulgou, em sua conta no Instagram, a homenagem que recebeu de um funcionário petista do “A Favorita”

 

O gesto não agradou o proprietário do estabelecimento, Fernando Areco Motta. Por meio das redes sociais, Motta informou ontem (22), por imagem e vídeo, que a homenagem “foi gesto de um funcionário e não reflete o pensamento do restaurante nem o meu”.

 

A reprovação foi suficiente para que os petistas atacassem a página do restaurante no Facebook. Além de xingamentos, emojis de “nojo” e outros impropérios nos comentários dos posts, os petistas também se mobilizaram para derrubar as avaliações do estabelecimento, reduzindo a nota de 4.8 para 1.7. Os petistas acusam o proprietário de ser “fascista”, “golpista” e “coxinha” por ele não concordar com a homenagem a Dilma:

Petistas mostram todo o seu “amor” e “tolerância” ao atacar a página do “A Favorita”

196 COMENTÁRIOS

  1. Será que tem alguém pensando que se fecha o restaurante são os funcionários que vai pra rua? Inclusive a pessoa que fez a referida “homenagem “?

  2. Faltou capim no acompanhamento da ex presidente saldafora da mandioca.
    Kkkkkkkkk.
    Parabéns ao proprietário do restaurante “A Favorita” por expor seu livre direito de pensar coisa que a esquerda não sabe o que é isso.

  3. O dono fez correto!
    Expressou educadamente sua posição. Diferente fazem os militantes escolados do PT…
    Jesus abençõe o Brasil!

  4. O problema é que criou-se um clima de intolerância, tanto da parte dos petistas, como também dos anti-petistas, e o dono do restaurante, também agiu mal, bastava dizer que foi uma ação pessoal do funcionário ou até não dizer nada, já que em todo momento, a notícia foi divulgada como sendo um ato de um funcionário, não do restaurante. Como restaurantes tem públicos diversificados, o dono do restaurante perdeu uma boa oportunidade de dar ao seu estabelecimento, a imagem de um ambiente democrático, sociável e imparcial.

    • – O proprietário tem o pleno direito de não querer que a imagem do restaurante esteja vinculada a qualquer movimento político. O local é para servir comida de boa qualidade aos clientes e consumidores e atende democraticamente a públicos diversos.

      – O funcionário que fez a suposta “homenagem” extrapolou os limites de seu contrato de trabalho. Na condição de empregado, está subordinado às orientações de seu empregador. Local de trabalho não é local para fazer proselitismo político.

      – Se a homenagem fosse prestada por um funcionário ao Jair Bolsonaro, sem anuência do empregador, escrevendo no prato “É melhor Jair se acostumando”, e o patrão dissesse nas redes sociais que a homenagem não reflete o pensamento do restaurante nem do proprietário, você acha que a atitude seria antidemocrática, antissocial e parcial tal como ocorreu com Dilma Roussef?

      – O proprietário, antevendo o risco econômico de fuga da clientela não esquerdista, agiu com equilíbrio, inteligência e sobriedade.

  5. Este restaurante vai ser um dos melhores em BH , com toda certeza, pois o seu proprietário é uma Pessoa equilibrada!

  6. Já fui no Google (A Favorita) avaliar e parabenizar o proprietário por sua vigilância e coerência. Imagine um empreendedor que dá duro para manter seu negócio, pagando alta carga tributária para manter, inclusive, o empregado trouxa, apoiar uma comunidade – inimiga de toda prosperidade e da livre iniciativa. Seria a pior demência de que se teria notícia.

  7. Vou rir até o ano que vem , petistas tentaram queimar o restaurante mas os votos positivos ja ta mais que o dobro dos negativos o tiro saiu pela culatra

    • Impossível, Flávio! A gente trabalha, estuda, tem responsabilidades… não somos como esses sangue sugas q não fazem nada o dia todo!

  8. O restaurante errou feio! Como permitiram a entrada da anta? Péssimo para as pessoas de bem que frequentam o local!

  9. Exemplo típico de fascistas, principalmente ao dizer que o gesto do funcionário foi impensado e não autorizado. O dono poderia até dizer que não reflete a sua opinião, mas que, em nome da democracia, não haveria problema algum. Na verdade, ele deve ter sido pressionado pelos coxinhas de BH.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here