Revista causa revolta com capa que “sutilmente” sugere assassinato de Donald Trump

A revista esquerdista irlandesa Village causou revolta nas redes sociais ao relevar a capa de sua edição de fevereiro no Twitter: Donald Trump na mira de uma arma com a frase “por que não”.

A revista, que é de esquerda e se define como “a revista cultural e política da Irlanda”, foi além. Apesar do artigo relacionado à capa ser ao final “contrário” ao assassinato de Trump por uma mera questão de “cálculo político”, a revista ataca o político em seis pontos (refugiados, políticas internacionais, clima, mulheres, aborto e ódio) para sugerir posteriormente: “O que deve ser feito? Temos um dos piores homens no cargo mais poderoso do mundo, podendo causar danos a bilhões de pessoas e ao planeta. Talvez a solução seja o tiranicídio, que foi apoiado por vários filósofos e teóricos ao longo dos séculos, incluindo gregos e romanos.”

Revista esquerdista irlandesa Village deixa no ar ideia de assassinar Trump

A capa gerou revolta nos usuários das redes sociais, que destacaram a hipocrisia, a defesa do assassinato do político disfarçada de “não defendemos isso” e o fato da capa ofender 63 milhões de americanos que votaram em Trump. A capa também já gerou matérias no inglês The Sun e na americana Fox News.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

5 COMENTÁRIOS

  1. E os TIRANOS “democratas”?, vocês comunistas são muito cara de pau, canalhas ao extremo, quando o assunto atinge a sua exploração humana, vocês são abomináveis vagabundos de carteirinha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here