Sem dinheiro, Alckmin decide privatizar monotrilho. Será a terceira linha privada de São Paulo.

O conselho gestor das PPPs do estado de São Paulo deu aval hoje (24) para que a linha 15-Prata, do Metrô, seja concedida a iniciativa privada.

Hoje, a linha opera entre as estações Vila Prudente e Oratório e segue em obras até São Mateus. Um córrego passava por baixo de algumas futuras estações mas foi desviado e já não atrapalha o andamento das obras. O trecho que irá conectar São Mateus à Cidade Tiradentes, que seria uma terceira etapa da obra, deverá ser concluído pela futura concessionária.

Com a decisão, esta será a terceira privatizada –a linha 4-Amarela já é operada pela ViaQuatro e as obras e futuros serviços da linha 6-Laranja estão contratados com a Move-SP.  A concessão deve fazer com que o estado arrecade dinheiro para o término de outras linhas e evite a contratação de mais funcionários públicos, que normalmente parasitam o sistema e deixa o serviço muito caro.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

2 COMENTÁRIOS

  1. Foi por estarem sem dinheiro que Pezão e Cabral passaram adiante o Fundo ( Rio-Previdência), e deram como garantia os royalties ? Ou foi porque eles também estão criminosamente seguindo a cartilha ditada pelos MAIS RICOS sem terem a mínima preocupação com os estragos sociais e econômicos que estão causando ?

    • A cartilha de fazer os MAIS POBRES pagarem MENOS o custo do ESTADO não tem nada a ver com os MAIS RICOS, amigo. Os MAIS RICOS gostam de MAIS ESTADO, a mesma coisa que você defende.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here