Socialismo avança e pobreza já alcança 80% dos lares na Venezuela, aponta estudo

Segundo o relatório divulgado pelo Instituto Heritage, a liberdade econômica na Venezuela caiu 6,4 pontos em 2016 e deixa o país cada vez mais próximo do socialismo da Coreia do Norte. Ao mesmo tempo que o socialismo cresce, a pobreza já atinge  81,8% dos lares, segundo uma pesquisa que difere amplamente da cifra oficial do governo de 22,7%.

O percentual de famílias em situação de pobreza saltou de 23,1% em 2015 para 30,26% em 2016. Enquanto isso, o de pobreza extrema passou de 49,9% para 51,51%, detalhou a Pesquisa sobre Condições de Vida na Venezuela (Encovi).

A pesquisa, realizada pelas universidades Central da Venezuela, Católica Andrés Bello e Simón Bolívar, junto a várias ONGs, considera que um lar está na pobreza extrema quando sua renda não cobre a cesta básica de alimentos. Já a pobreza ocorre quando a renda não chega ao dobro do valor da cesta, explicou Marino González, um dos autores do estudo.

O valor da cesta básica na Venezuela aumentou 433,9% em 2016 e para poder custeá-la, os venezuelanos precisavam de 18 salários mínimos no fim de janeiro, segundo um informe do Centro de Documentação e Análise da Federação Venezuelana de Professores (Cendas-FVM).
O governo não informa dados de inflação há um ano, mas o Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que em 2016 ela foi registrada em 475% e chegará a 1.660% este ano.

 

40 COMENTÁRIOS

  1. Cara a palavra socialismo não aparece nenhuma vez no relatório… Isso não tem a ver com socialismo, comunismo vs capitalismo. Isso tem a ver com governos autoritários que podem ser tanto de esquerda quanto de direita. Dúvida? Continue votando em pessoas como Bolsonaro a ver onde vocês irão parar. Estude.

  2. Falou tudo amigo, só não vê as melhorias em todas as áreas hoje, quem é alienado do pt e cia. Petralhas nunca mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here