Supremo Tribunal da Venezuela, indicado por Maduro, limita os poderes do Congresso

O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela publicou ontem uma sentença onde limita as funções do Congresso, controlado pela oposição ao governo socialista de Nicolás Maduro, “a fim de garantir o equilíbrio de poderes”.

De acordo com a sentença, o Congresso perde o direito constitucional de controlar o sistema judicial, eleitoral e civil, bem como fica impossibilitado de demitir os próprios ministros do Supremo Tribunal.

A decisão, um verdadeiro golpe para manter o poder nas mãos do presidente Nicolás Maduro, gerou protestos por todo o país e aumentou o interesse pela ideia da oposição de convocar um referendo para retirar o socialista Nicolás Maduro do poder de forma democrática.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here