UFRJ corta verba de Museu, mas gasta R$ 2,7 bilhões somente com servidores; Confira

Enquanto a UFRJ reduziu recursos para o Museu Nacional de R$ 709 mil, em 2013, para R$ 166 mil, em 2017, segundo o levantamento da Câmara, as despesas com os servidores públicos da universidade aumentaram.

A fatia de gastos com pessoal da UFRJ vem subindo ano a ano e alcançou 87% do orçamento da universidade em 2017, segundo dados do Ministério da Educação (MEC). Em 2013, esse percentual era de 82%. Nesse período, as despesas com o quadro de funcionários foram as únicas que cresceram acima da inflação, chegando a R$ 2,7 bilhões ano passado. Nos mesmos cinco anos, os recursos direcionados a custeio — manutenção da atividade universitária — e investimentos tiveram queda real e somaram R$ 409 milhões.

Em entrevista ao Jornal O Globo, o representante da CM Consultoria, especializada em educação, disse que é exagerado o número de funcionários na universidade, e a produtividade é pequena.

Os gastos com a folha de pagamento incluem ativos e inativos. A expansão dessas despesas é atribuída pela própria UFRJ ao crescimento vegetativo da folha de pagamento, com aumentos automáticos para os servidores relacionados à progressão na carreira, por exemplo. Aqui também estão incluídos gastos com novas contratações de servidores por meio de concursos — a realização destes é solicitada pela administração da universidade, mas tem que ser aprovada pelo Ministério do Planejamento.

O ILISP apurou os salários dos servidores pelo Portal Transparência. Existem mais de 2,5 mil funcionários com salários acima de 15 mil reais. Muitos deles ainda recebem outros benefícios como abono natalino e entre outros.

Você pode confefir os salários de cada servidor na tabela abaixo:

1 COMMENT

  1. Não seria melhor se as universidades públicas fossem privatizadas ?.
    Afinal, não é só que tem dinheiro que que consegue entrar ? E os mais pobres, que proporcionalmente pagam mais impostos, ficam de fora e acabam por financiar a faculdade deles ??
    O governo que use essas verbas para preparar, financiar e doar bolsas para quem não pode pagar… Melhora a qualidade e acaba saindo mais barato para contribuinte. Menos indicação política, menos mamata… menos incompetência e corrupção.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here