Venezuelanos voltam às ruas contra a ditadura socialista de Nícolas Maduro (Assista)

Venezuelanos voltam novamente às ruas de Caracas nesta quinta-feira para protestar. Liderados pela Mesa de Unidade Democrática (MUD), os manifestantes realizaram um “trancazo” (bloqueio) em várias avenidas da cidade para exigir, como na última terça-feira, a restituição da ordem democrática, liberação de presos políticos e eleições gerais, entre outras demandas.

O governo ditatorial também convocou uma marcha e denunciou uma conspiração para derrubar Maduro. O deputado Diosdado Cabello, uma das figuras de peso do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), divulgou em seu programa de TV comunicações que, segundo ele, provam a existência de um suposto plano opositor que incluiria ataques a quartéis militares. Na elaboração do plano, assegurou Cabello, participaram membros da oposição, entre eles Roberto Enríquez, presidente do partido Copei, que na quarta-feira pediu asilo na embaixada do Chile em Caracas.

— Estaremos nas ruas. Cada vez que eles convoquem uma marcha, sairemos também —declarou Cabello.

Veja:

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

1 COMENTÁRIO

  1. Venezuela o Brasil de amanhã

    Tiradentes foi contra os portugueses porque estava cobrando altos impostos de 20% e hoje pagamos em produtos até 70% e o povo aceita isso de boa, come carne pobre e paga mais caro agora, tem o serviço de Uber e outros aplicativos cancelados e ainda acha pouco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here