Apesar de você, Chico, amanhã há de ser outro dia

Li que, num de seus shows, você reclamou das hostilidades que sofre nas ruas do bairro onde mora.

Chico, vou te explicar a razão disso acontecer.

Seus vizinhos dizem que você deveria ir pra Cuba porque você apoia a ditadura socialista que lá impera há quase 60 anos. Uma ditadura que exterminou a oposição por meio de perseguições, prisões, torturas e fuzilamentos, que confiscou propriedades privadas, que acabou com a liberdade de pessoas comuns cuidarem de suas vidas, que transformou um dos países mais desenvolvidos do mundo num imenso e miserável cortiço.

Seus vizinhos te chamam de cretino porque você defende um sistema de governo onde bairros como o seu não existiriam.

Seus vizinhos te chamam de hipócrita porque você milita por uma ideologia que rejeita uma condição econômica que você mesmo desfruta.

Seus vizinhos têm nojo de você porque te veem jogando bola com terroristas que bloqueiam estradas, depredam lojas e invadem propriedades privadas.

Como você quer que te enxerguemos?

Nós só te vemos abraçado a bandidos.

Sinto muito, Chico, mas você fez de tudo para arruinar sua biografia.

Deixe-me te explicar uma coisa: apesar da devoção de parte da burguesia, você não é Deus. Nem santo. Nem anjo. Você não é uma entidade intocável, livre de críticas, que deve ser venerada inquestionavelmente.

Muitos de nós agradecem por sua militância contra a ditadura militar. No entanto, o tempo mostrou que você queria é que fosse implantada no Brasil uma ditadura incomensuravelmente pior.

Por dinheiro, você fez musiquinha para a campanha de Fernando Henrique Cardoso.

Por convicção, você apoiou do começo ao fim os governos mais corruptos da história do Brasil. Beijou as mãos de Lula e Dilma. As mesmas mãos que selaram acordos com José Sarney, Fernando Collor, Renan Calheiros, Sérgio Cabral, Marcelo Odebrecht, Eike Batista, Léo Pinheiro, Joesley Batista, Michel Temer, Hugo Chávez, Nicolás Maduro, Raul e Fidel Castro.

Indiferente à grave crise econômica provocada pelas mentiras e irresponsabilidades de Dilma, você continuou ao lado dela. Chamou de “golpista” a grande maioria da sociedade que pedia o fim daquele governo. Chamou de “golpistas” milhões de desempregados e pessoas que temiam perder o emprego. Você chama de “elite” pessoas que não desfrutam de nem uma fração do seu estilo de vida.

Lula foi condenado por corrupção e é réu em outros seis processos. Nas mesas dos procuradores, acumulam-se evidências e provas contra ele. Aí está você, defendendo-o.

Seus vizinhos e muitos outros brasileiros veem isso. Você decepcionou muita gente. Você fez suas escolhas. Fez de tudo para transformar em asco a admiração que o povo tinha por você.

Nem é mais uma questão de posicionamento político equivocado. Você abraçou os bandidos porque sente afeição a eles. Cada abraço, cada manifestação de apoio a ditadores e ex-presidentes corruptos demonstra que você pensa como eles, faria as mesmas coisas que eles fizeram e fazem, se tivesse a oportunidade.

Por isso você é cada vez mais hostilizado por pessoas comuns. Foi você quem jogou um balde de tinta vermelha em sua biografia. Não reclame. Assuma os custos disso.

Um conselho: fique quieto, espere a justiça tirar o PT do mapa e que o tempo lave essa mancha em sua vida.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

15 COMENTÁRIOS

  1. Todo ser humano tem risco de fazer m. na velhice. Cada um tem que fazer esfôrço para não perder o norte e manter a biografia limpa.

  2. O Chico musico, que encantou o Brasil, questionando os valores, que hoje compartilha, é e será imortal na nossa MPB. O homem, que decadência. Nem merece comentário, para não dar IBOPE.

  3. Ah! este não é o Chico do meu tempo de universidade, o outro Chico era um poeta, humano, boêmio, bom “tocador” de violão, alegre, bonachão, acreditava no amor e consequentemente em DEUS… ele era assim sim senhor! um mistério, pois comunista não pode ter os predicados que citei. Um mistério, não creio que aquele Chico tenha mudado tanto, a troco de quê? O mistério continua não creio que aquele Chico tenha feito como Fausto que vendeu-se ao Satanás, o mistério continua… o será que ele se vendeu, se entregou aos comunistas por um muito ou pouco da lei ROUANET? mas o Chico não precisava… mas havia um mal predicado escondido nos cafundós de sua índole, “a medida do ter nunca enche!” Infelizmente ele não foi o primeiro nem será o último a se vender pelo vil metal, a história está repleta destes Faustos!

  4. MARCOS VAMPA,
    É obvio que sua OBRA foi GENIAL.
    O tempo foi implacável para concebermos, que houve a uma certa mudança culminando na sua DEMÊNCIA.

  5. Concordo plenamente com tua linha de pensamento acerca de CBH, no entanto estranha-me saber que o “libertarianismo” possa ainda servir de horizonte para uma sociedade, que nessa modalidade só migraria para a anarquia, uma vez que nenhum país neste mundo tenha aceitado tal modalidade que instauraria a liberdade absoluta com a minimização do estado.

  6. Até que enfim alguém que condenou o lado político do Chico mas que deixou suas músicas geniais de fora da treta!

      • ÀS PESSOAS NÃO SÃO, EM ALGUM MOMENTO ESTÃO. O OSMANI RAMOS FOI UM GRANDE CIRURGIÃO PLÁSTICO. E DAÍ???

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here