“E o Aécio?” Eu te conto

9

Graças à esquerda, Aécio Neves estava tranquilão até quarta-feira passada.

Assim como Michel Temer, Renan Calheiros, Romero Jucá, Fernando Collor, Fernando Pimentel, José Serra e tantos outros políticos corruptos, Aécio estava certo de que seria um sucesso a campanha do PT para fazer o STF conceder habeas corpus à Lula e inverter a decisão da corte que vinha permitindo a prisão após condenação em segunda instância – o que beneficiasse Lula, beneficiaria ele. No entanto, “deu ruim”. O pedido foi negado.

Quatro dos seis ministros que votaram contra o habeas corpus foram indicados por Dilma. Que coisa, não?

Aécio Neves só está solto porque goza de foro privilegiado, uma prerrogativa que a esquerda nunca combateu.

Por outro lado, todas as manifestações contra Dilma em 2015 e 2016 pediam, também, o fim do foro privilegiado.

Em maio de 2017, O Globo revelou as gravações das conversas de Joesley Batista com Michel Temer e Aécio Neves. Grampos autorizados por Rodrigo Janot, então Procurador-Geral da República.

Atendendo ao pedido de Janot, o ministro Edson Fachin pediu a suspensão do mandato e a prisão de Aécio Neves.

Nesse mesmo dia, foram presos um primo e uma irmã do senador do PSDB. Foi cumprido ainda um mandado de busca e apreensão nos endereços relacionados ao senador.

No dia 21 de maio de 2017, o jornal O Globo noticiou o jantar promovido pelos advogados de Aécio e Dilma para alinharem os argumentos e os ataques contra Sérgio Moro e Edson Fachin.

Quatro dias depois, a Folha noticiou que FHC, Lula e Sarney articulavam um eventual “pós-Temer”.

Um dia depois, Gilmar Mendes tentou colocar em plenário a delação da JBS para anulá-la, o que beneficiaria diretamente Aécio Neves e Michel Temer.

No dia 2 de junho de 2017, Rodrigo Janot denunciou Aécio Neves com base nas investigações feitas pela Operação Lava Jato.

Mais de 4 meses depois, o STF finalmente julgou o pedido de prisão contra Aécio Neves relatado por Edson Fachin. Foi negado.

Essa breve compilação de fatos mostra que Aécio Neves só está solto graças ao PT e à pressão que os petistas fazem para manter todos os mecanismos legais de impunidade.

Ao defender Lula, os petistas defenderam Aécio Neves. Ao se negar a exigir o fim do foro privilegiado, a esquerda mantém Aécio livre. A Lava Jato fez sua parte: investigou e encaminhou os processos contra Aécio Neves ao STF, onde se encontram, junto com os processos que tratam da roubalheira de Gleisi Hoffmann e Lindbergh Farias.

Se os mesmos artistas, sindicatos e “isentões” de plantão nas redes sociais tivessem militado pelo fim do foro privilegiado, talvez Aécio e muitos outros políticos já estariam presos.

Se essas pessoas quisessem mesmo a prisão do Aécio Neves, elas estariam exigindo a manutenção da prisão após condenação em segunda instância e organizando manifestações em Minas Gerais para que os mineiros não o elejam mais.

Se essas pessoas fossem mesmo contra a corrupção não teriam defendido Lula.

O fato é que os melhores advogados que Aécio Neves poderia ter são os petistas. A impunidade de Aécio depende do esforço da esquerda para destruir a Lava Jato.

Milhões de brasileiros foram às ruas contra Dilma porque ela estava afundando o Brasil no caos econômico. Depois, voltaram às ruas contra Lula, contra o fato absurdo de um condenado por corrupção e lavagem de dinheiro estar solto e ainda concorrendo à Presidência da República. Atingimos nossos objetivos sem violência, sem depredações e sem pagar “cachê” para pessoas pobres participarem dos protestos.

Quanto ao Aécio, ele nem consta mais nas pesquisas de intenção de voto. Tornou-se apenas mais um político corrupto com foro privilegiado que não pode ser alcançado pela Lava Jato por causa disto.

Num país de tantos absurdos, é impossível ir às ruas contra cada um deles.

Se a esquerda realmente quer que Aécio seja preso, que vá às ruas pacificamente como milhões de brasileiros fizeram. Promovam eventos que não sejam apenas de militantes profissionais. O que impede que PT, PSOL, PCdoB, MST e CUT façam isso? O que impede que seu amigo colecionador de memes da esquerda, inconformado com a liberdade de Aécio, organize grupos para defender a prisão do senador tucano?

Nós não sofremos por Aécio, Temer ou qualquer outro. Muito menos sairemos às ruas para defendê-los. Se depender de nós, que sejam presos. E, de preferência, na mesma cela de Lula.

COMPARTILHAR
João César de Melo
Artista plástico formado em arquitetura, acredita no libertarianismo como horizonte e no liberalismo como processo, ateu que defende com segurança a cultura judaico-cristã, lê e escreve sobre filosofia política e econômica.

9 COMENTÁRIOS

  1. “Ele Lula deu ordem ao *PT* para votar contra a decisão do STF quando afastou o Aécio Neves.
    Segundo Gleisi Hoffmann, presidenta do PT” afirmou que Aécio mesmo sendo desprezado pelo povo brasileiro, o PT tem motivos para defender o Aécio, pela democracia”. (Democracia agora é sinônimo de que?).
    Portanto o Aécio Não está preso, porque o Lula e o PT acha que ordem judicial é golpe e que o Aécio não deve ser preso.”

  2. Meu caro, não é bem como voce diz:”Atingimos nossos objetivos sem violência, sem depredações e sem pagar “cachê” para pessoas pobres participarem dos protestos.” Voces não pagam cachês, mas recebem muito bem para escrever esses artigos!….” No Brasil, as onze organizações que aparecem no site da Atlas Network como parceiras, são as seguintes: três no Rio de Janeiro: Centro Interdisciplinar de Ética e Economia Personalista (CIEEP), Instituto Liberal (IL) e Instituto Millenium (Imil); três em São Paulo: Instituto de Formação de Líderes – São Paulo (IFL-SP), Instituto Liberal de São Paulo (ILISP) e Instituto Ludwig von Mises Brasil (Mises Brasil); duas em Belo Horizonte: Estudantes Pela Liberdade (EPL) e Instituto de Formação de Líderes (IFL); duas em Porto Alegre: Instituto de Estudos Empresariais (IEE) e Instituto Liberdade (IL-RS); e uma em Vitória (ES): Instituto Líderes do Amanhã.[19]”

    • Não recebemos absolutamente nada para escrever artigos, muito menos “muito bem”. A fonte de recursos do site você pode perceber olhando o próprio site.

  3. Só uma correção: nem Rodrigo Janot nem nenhum, absolutamente nenhum membro do ministério público pode autorizar interceptações telefônicas ou escutas ambientes. Isso é tarefa exclusiva de juízes. E se realmente foi feita alguma escota com consentimento ou a mando de Janot, infelizmente o teor da delação é totalmente ilegal.

  4. Com o apoio do PT, o Senado Federal decidiu adiar, nesta terça-feira,a votação que decidirá o futuro do senador Aécio Neves (PSDB-MG) na casa.

    “O PT não apostou na posição do confronto, do impasse. Ao mesmo tempo não deixamos que a posição do Supremo extrapolasse as prerrogativas”, disse o líder da minoria, o senador Humberto Costa (PT-PE).

    Para a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), presidenta do PT, o Partido desde o inicio se mostrou com uma posição de coerência, defendeu devido processo legal e também a constitucionalidade. “Demos uma oportunidade ao Supremo para resgatar o respeito à democracia e o respeito entre os poderes”, afirmou ela.

    O conflito se iniciou quando o Supremo decidiu afastar o senador mineiro na última semana. Para os senadores, a decisão fere a Constituição e a autonomia entre os poderes. Por isso, o Senado decidiu votar se acataria ou não a decisão do STF.

    O Supremo, no entanto, marcou para o próximo dia 11 a votação que decidirá sobre a possibilidade do tribunal afastar ou não um senador, o que valeria para todos os casos. Assim, o PT defendeu que os senadores aguardem essa decisão do plenário do Supremo.

    “Deixamos muito claro que quem é responsável por toda essa instabilidade que estamos vivendo é quem votou pelo impeachment da Dilma e quem inflamou o país, com apoio do próprio Aécio Neves (PSDB-MG). Ele está sendo vitima do próprio veneno”, disse Gleisi. Já Costa reforçou que, se o STF não decidir essa questão por lá, o Senado estabelecerá essa limitação.

    O debate sobre o tema se estendeu por toda a tarde desta terça-feira (3), com declarações dos senadores. O líder do PT no Senado Lindbergh Farias (PT-RJ) ao reforçar a visão do PT, lembrou que toda essa desorganização institucional iniciou com o golpe contra a presidenta Dilma Rousseff (PT) e que o PT nunca defendeu o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

    “Como vai se posicionar o PT? Vai ter uma postura de revanche? Não. Vai se posicionar com coerência”, disse ele. “Esse momento exige do país que as pessoas defendam a legalidade democrática, a Constituição”. Segundo Farias, a bancada do PT quer a decisão definida de uma vez por todas.

    O PT entrou com uma representação contra Aécio no Conselho de Ética do Senado, para que o tucano seja julgado por quebra de decoro parlamentar. “O nosso entendimento é que ele seve ser julgado e punido, mas punido por quem é de direito, que é o Senado”, disse.

    Para o PT, a resposta da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal a este anseio de Justiça foi uma condenação esdrúxula, sem previsão constitucional, que não pode ser aceita por um poder soberano como é o Senado Federal.

    “Não existe a figura do afastamento do mandato por determinação judicial. A decisão de ontem é mais um sintoma da hipertrofia do Judiciário, que vem se estabelecendo como um poder acima dos demais e, em alguns casos, até mesmo acima da Constituição”, escreveu o partido em nota da Executiva Nacional.

    Da Redação da Agência PT de Notícias

  5. Uma ocasião,conversando com um mineiro que estava de passagem aqui por Bauru,onde moro (interior de São Paulo) ele me disse que o apelido do Aécio lá entre muitos mineiros era “AÉCIO,O PODRÃO”.Como isso foi à muito tempo.não entendi direito o que ele quis dizer mas aí ele me contou quem era Aécio e aí percebi que se tratava de um criminoso à mais na política brasileira.Resumindo,enquanto existir esse maldito Foro Privilegiado esses canalhas zombarão da justiça e de todos nós,com certeza.Quanto a Lula,se puserem todos na mesma cela que ele,serão bem capaz de iniciarem um rebelião e aí teremos que mandar a Polícia arriar o cacete neles.Nada mau em?

  6. Acho um absurdo essa ideia de colocá-los na mesma cela que o Lula, já pensou se escapam? Fora isso, entendo como bem fundamentadas suas ideias.

  7. Perfeito texto. Para finalizar, basta incluir que o advogado de Aécio, Dr. Toronto, também defende….. Dilma. E muitos outros envolvidos, Google it!

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Insira seu nome