Sim, é tudo culpa do PT!

Petistas e isentões estão indignados com a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. Pior: não aceitam a responsabilidade do Partido dos Trabalhadores (PT) sobre a explosão da violência urbana. Aliás, não aceitam que o PT seja responsabilizado por nada de errado. O máximo que fazem é reconhecer que o partido cedeu ao (P)MDB. Foi contaminado. Coagido. Coitado!

Agora, diante das especulações de que Michel Temer pretende utilizar a intervenção no Rio para construir sua candidatura à “reeleição”, petistas estão dando novos faniquitos como se Temer não tivesse nada, nadinha, a ver com eles.

Vamos aos fatos.

O PT cresceu apontando culpados pelos problemas brasileiros. Primeiro, José Sarney. Depois, Fernando Collor e Fernando Henrique Cardoso.

Por mais de vinte anos, Lula e seus partidários gritaram que o Presidente da República e o partido que o abriga têm responsabilidade direta sobre tudo o que acontece no país.

Foi assim que o Partido dos Trabalhadores conquistou o apoio da imprensa, de artistas, dos “intelectuais”, das representações estudantis, dos funcionários públicos, dos sindicatos e movimentos disso e daquilo.

Como solução, os petistas diziam que o Brasil precisava ser governado por pessoas abnegadas e comprometidas com os interesses dos mais pobres. Não por acaso, essas pessoas eram eles mesmos.

Com esse discurso, o PT chegou ao poder.

Lula teve tudo para construir um país melhor, mais justo, fácil e seguro. Teve apoio dentro e fora do Congresso. Contava com aprovação popular na casa dos 80%.

Lula teve dinheiro. A arrecadação do governo federal duplicou em seu governo. Nenhum outro presidente teve condições tão boas para governar, fazer o certo, melhorar o Brasil. Mas Lula não quis. Optou por chamar para junto de si todos os párias da política nacional. Abraçou Sarney e Collor. Repartiu a máquina pública entre (P)MDB e outros partidos aliados. Para financiar suas campanhas eleitorais e seus militantes, o PT institucionalizou e expandiu a corrupção brasileira a níveis nunca vistos, segundo delatores da Lava Jato.

O Lula é o PT. O PT é o Lula.

Foi Lula quem escolheu Dilma para sucedê-lo. Foi Lula que apoiou Michel Temer para ser o vice dela.

Programas de crédito subsidiado pelo BNDES, emissão de títulos da dívida, Medidas Provisórias, nomeação de diretores em estatais… Tudo isso depende da assinatura do Presidente da República.

O esquema entre Temer e a JBS foi iniciado e alimentado durante os governos Lula e Dilma.

Lula e Dilma fizeram campanha para Sérgio Cabral e Eduardo Paz.

Lula e Dilma nunca manifestaram interesse em acabar com o foro privilegiado, nem com os super salários e pensões que estão corroendo as contas públicas.

Foram Lula e Dilma que entupiram o estado com militantes e amigos deles.

Depois de 13 anos de PT, os jovens pobres continuam saindo das escolas mal sabendo escrever seus próprios nomes. Cerca de 27% dos brasileiros são analfabetos funcionais e 30% dos brasileiros nunca leram um único livro na vida.

O PT recebeu um país com taxa de evasão escolar de 7,6% e entregou com 16,5%.

Quando Lula foi eleito, 9,5% dos jovens não trabalhavam. Quando Dilma saiu, esse percentual estava em 25,8%.

Depois de 13 anos de PT, metade dos domicílios brasileiros continuam sem acesso a rede de esgoto e 30% não têm acesso a água tratada.

Depois de 13 anos de PT, metade dos trabalhadores continua ganhando menos de um salário mínimo por mês, 20 milhões de pessoas ganham menos de R$ 140 e quase 9 milhões de pessoas encontram-se na extrema pobreza com renda abaixo de 70 reais.

Depois de 13 anos de PT, metade dos nordestinos dependem do Bolsa Família para viver.

Depois de 13 anos de PT, mais de 60 mil pessoas são assassinadas por ano e a taxa de elucidação de homicídios chega a ser de 4% no Pará. Outros 21 estados sequer sabem quantos homicídios são elucidados anualmente.

Nunca antes na história deste país os bancos lucraram tanto quanto nos governos Lula e Dilma.

Ambev, Eike Batista e suas empresas, JBS, Lojas Riachuelo, OAS, Odebrecht e tantas outras grandes empresas foram infladas com dinheiro que o PT roubou dos brasileiros.

O PT roubou mais de R$ 70 bilhões dos funcionários da Caixa Econômica, do Banco do Brasil, da Petrobrás e do Correios. Roubou mais de R$ 100 milhões de milhares de funcionários públicos. Segundo o TCU, 578 mil contratos da Reforma Agrária e mais de 1,1 milhão de cadastros do Bolsa Família estavam irregulares.

Junto com outros partidos, o PT roubou R$ 42 bilhões da Petrobrás.

É preciso repetir: era o PT que ocupava a Presidência da República. Era o PT que tinha o poder das decisões.

Antes de ser afastada, Dilma cortou bilhões de reais em verbas de todas as áreas.

Considerando que a esquerda acredita que uma pequena minoria da população enriquece às custas da pobreza da grande maioria, devemos concluir que o PT foi o maior vetor de desigualdade social da história desse país.

Pesquisa publicada pelo IPEA mostra que a única parcela da população que teve aumento de renda durante o segundo mandato de Dilma foi a dos super ricos, pessoas com renda acima de R$ 150 mil por mês. O restante da população teve redução na renda.

Os bancos, por exemplo, lucraram durante o governo Lula oito vezes mais do que no governo de FHC.

A intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro só está acontecendo porque durante 13 anos o PT ignorou a pauta, mantendo as fronteiras escancaradas para a entrada de armas compradas por criminosos e incentivando a delinquência.

Durante os governos do PT, a criminalidade explodiu nas regiões mais pobres do Brasil. No Amazonas, Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins, o número de homicídios aumentou 100%. No Rio Grande do Norte, o aumento foi de 232%.

Como se fosse pouca culpa, Lula e o PT ainda se dedicam a atacar a Lava Jato, o que beneficia dezenas de políticos corruptos, incluindo o tucano Aécio Neves.

O PT tem culpa até no colapso econômico da Venezuela, uma ditadura socialista que foi financiada com empréstimos bilionários do BNDES.

O Partido dos Trabalhadores não promoveu “avanços sociais”. Os “milhões de brasileiros tirados da pobreza” são um golpe de marketing baseado na mudança dos critérios de identificação de classes sociais, a partir do qual só pode ser considerado pobre o cidadão com renda abaixo de R$ 291 por mês. Acima disso, a pessoa já é “classe média”.

Resumindo, o PT promoveu apenas corrupção e desperdício de dinheiro dos pagadores de impostos em larga escala, resultando na maior recessão da história do país e afetando principalmente os mais pobres.

Portanto, pode gritar: sim, é tudo culpa do PT!

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

17 COMENTÁRIOS

  1. “Prisão, tortura, desterro, estupro, aborto e morte: a lista de violências é tão longa quanto chocante. Na década de 70, no auge da repressão no Brasil, as crianças não estiveram imunes à violência do regime militar. Fosse por obra direta do terrorismo de Estado, como no caso de crianças presas e torturadas, ou por conivência do regime com figuras influentes, como nos escândalos de pedofilia que acabaram abafados em 1973, esses episódios deixaram uma memória traumática na história do país — e um legado de impunidade que se estende até os dias atuais. “

    • Como vc colocou entre aspas mas não disse o quê ou quêm está citando, fiquei imaginando do que se trata.

      Será Cuba? União Soviética? a China de Mao? a Coréia do Norte e sua dinastia dos Jong?

  2. “Eu cresci durante este periodo, e considero uma insanidade negar tudo que aconteceu. Fiquei revoltado na epoca que promulgaram a Anistia. Para o bem da Historia deveriam ter tido julgamentos, talvez hoje nao teria uma geracao tao ignorante e a apreciacao da Democracia tao duramente conquistada seria m ais valorizada.”

  3. Não sei com as autoridades deixam o maior ladrão do mundo que, acabou o nosso Brasil, juntamente com a sua quadrilha, ficar discursando e fazendo politica, tentando novamente enganar os trouxas, como fez no passado. É inacreditável que pessoas que se dizem inteligentes, acreditarem nesse comunista safado.

  4. Porque você foi preso durante o regime militar querido Jair? Gostaríamos de saber…
    A propósito, cresci na década de 70/80, ninguém da minha família, parentes, amigos, conhecidos, professores, colegas dos meus pais foi preso. Vivíamos seguros, tínhamos pleno direito de ir e vir…ah, meu tio ficou uma noite no xilindró por fazer confusão na rua, atirar pedras em carros, brigas de gangues. Milagrosamente depois da noite de reflexão se consertou, e nunca mais foi fazer bagunça. Um pouquinho de disciplina fez muito bem a ele, hoje é um homem de bem!

  5. Este artigo é um daqueles que a gente favorita e manda emoldurar pela síntese objetiva e verdadeira. Isso sim, deveria virar um tema no Curso de Ciências Políticas da UNB e qualquer universidade que preze pela história verdadeira. O fato é que até o Tiririca faria mais pelo país do que o Lula, naquela fase mundialmente auspiciosa que o mafioso pegou no seu primeiro mandato. O PT é uma fraude, uma gang que se apropriou do poder, cheio de psicopatas que se atraíram por sintonia. E se vivêssemos em uma democracia verdadeira, sem um STF/TSE vergonhoso, esse partido criminoso já teria sido EXTINTO!

  6. O que sempre me chamou a atenção foi justamente isso: Lula teve a oportunidade de ter sido o melhor presidente desse país.Poderia ter entrado para a História como o maior Líder desse pais e no entanto o que ele fez? Jogou tudo no lixo se aliando a toda a podridão política desse Brasil somente por sede de poder.E agora,se prestarmos bem atenção veremos que nem candidatos a presidente temos porque nenhum dos que estão aí são santos e muitos poderão fazer alguma coisa que possa tirar o Brasil do atoleiro em foi atirado pelos petralhas.Estamos sem saída e o PT se fazendo sempre de vítima como é o velho costume da esquerda.Malditos!!

  7. Bom pelo menos a sangria foi estancada, o paciente sobreviveu. No final das contas o grande acordo nacional, com o supremo, com tudo, obteve sucesso em interromper o apocalipse petista.

  8. não sou petista mas fui preso na ditadura e so em ver um militar no comando e um ministro dizendo que se auguem tiver armado tem q matar e liberação para invadir casa com a busca e apreensão coletiva me arrepia talvez a maioria aqui só conheça o terror dos militares no poder de ouvir falar e é bom lembrar quem começou udo isso foi o senhor brizola que proibia invasão de favela

    • Terror de ouvir falar nos militares? Só pode ser piada… Vc pode não ser petista, mas seguramente era esquerdista tentando quebrar a ordem, como foi meu pai! E daí ter sido preso? Segundo meu pai, naquela época eram presos dois tipos: os bandidos criminosos e arruaceiros. Meu pai, que era Brizolista roxo, também foi preso nos anos 60/70 (porque entrou na baderna) e contava como voltou para casa sem um arranhão, apesar de ser orientado pelos “companheiros” a MENTIR que apanhou. Ter sido preso uma mácula na vida dele, porque nos anos 90, já desperto da cegueira da esquerda, vaticinava que se um dia o PT (ou Brizola) chegassem ao poder, o Brasil seria sua filial do crime. Morreu em 2005 no meio do Mensalão, vendo tudo que profetizou acontecer e saudoso do Regime Militar, que nunca chamamos de “ditadura”. Eu só fui conhecer esse termo depois que os criminosos anistiados assumiram o poder pra destruir o Brasil.
      Então MENOS, amiguinho…Busca e apreensão coletiva no ninho de gangs é normal em qualquer democracia plena do planeta, seja nos EUA ou na Suíça! Meu pai lhe diria que só teme quem deve! ?

    • Começando um comentário com “não sou petista mas…” a gente pode afirmar com 100% de certeza que se não é petista é uma das pessoas mais burras da face da terra.

  9. Não adianta ser o homem inteligente, ou mais estudado ou mais humano ou mais político se ele tem um mal chamado “idealismo”. Quantos homens assim conhecemos mais defendem com unhas e dentes o PT?

    • Estou exatamente nesse dilema…
      Tenho parentes e amigos, que a despeito de serem muito inteligentes, ainda pensam com essa “cabeça de esquerda”. Normalmente pessoas que nunca serviram ao quartel, e que devem ter nas mentes algum bloqueio quanto a imaginar que nem todos uniformizados, armados, enquadrando, sejam pessoas que estejam desejando ou lhe fazendo mal.
      Castro uniformizado lhes parecem um titio carinhoso é desprendido… um brasileiro de verde oliva é um fuzil sejam a encarnação da ditadura é aniquilamento.
      Vai entender a mente dos alienados esquerdalhas né???

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here