DOE

Após medidas liberais de Macri, economia argentina cresce acima das expectativas

A economia da Argentina cresceu 0,5% no primeiro trimestre de 2016 em relação ao mesmo período de 2015. O resultado, publicado pela recém-reformada agência de estatísticas Indec – que havia sido aparelhada para gerar dados pró-governo pela socialista Cristina Kirchner – foi bem melhor do que a expectativa de analistas de uma queda de 1,3% para o período entre janeiro e março.

De acordo com o Indec, os setores que mais cresceram no primeiro trimestre de 2016 foram a Pesca, com 7,5%; e os Transportes e Telecomunicações, com 4,2%. Fora isso, os gastos públicos do governo caíram 10,6%. O resultado ocorre após esforços do presidente Mauricio Macri, que assumiu em dezembro, para impulsionar a economia por meio de medidas liberais.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!