Professora universitária expulsa aluno da sala de aula por defender policiais (Assista)

Em um vídeo que circula nas redes sociais (vídeo abaixo), uma professora tenta constranger um aluno que “ousou” defender a polícia em sala de aula.  Já no começo do vídeo, o aluno chama os bandidos de “vagabundos”, quando a professora interrompe aos gritos, impedindo até mesmo que ele conclua o raciocínio. A discussão segue adiante por algum tempo, até que ela diz para o estudante simplesmente sair da sala de aula, como se o aluno não tivesse direito de participar da aula, independentemente de sua posição política. O aluno se recusa, se mantém firme e nem mesmo altera a voz. No final, a professora sai da sala e ainda chantageia os demais alunos que querem continuar a ter aula.

Assista:

19 COMENTÁRIOS

  1. A professora deixou claro o despreparo dela pra lidar com situações adversas. O policial, ante de ser policial é um ser humano como qualquer outro, que tem família, sentimento e sofre as duras consequências impostas pela vida. Existe policial que vale uma “picada de fumo”, é claro que existe, assim como existem professore e profissionais de outros segmentos que não valem nada, absolutamente nada e que “trocados por merda são caros” mas é minoria e um não pode pagar pelo erro do outro. Portanto, seria bom essa ‘professorinha, professorazinha’ reavaliar suas atitudes e maneiras de agir pra repetir tal palhaçada.

  2. Se fosse eu diria: “Não vou sair da AULA (não interessa para que sala for) e se quiser, chame a polícia”

  3. Preconceito? Você não viu que ele usava linguajar não apropriado para uma sala de aula e já era rescindente? Você viu que a maioria dos alunos saíram porque também não aceitavam a maneira que colocava a visão dele?

  4. Se o aluno não pode ser doutrinado, não pode ficar na sala de aula. Essa é a mentalidade dos professores esquerdistas.

  5. Que tal se o outro aluno dissesse que nas universidades tem muito professor vagabundo? Será que ela respeitaria?

  6. ESSA PROFESSORA NÃO TEM EQUILÍBRIO EMOCIONAL E SABEDORIA PARA LECIONAR! DEVE SER DEMITIDA POR JUSTA CAUSA POIS TODOS OS ALUNOS TÊM DIREITO DE PARTICIPAR DE TODAS AS AULAS!!!

  7. Este tipo de postura é muito mais frequente do que se imagina, especialmente (quem diria) nas universidades públicas. Diuturnamente isto acontece de forma escancarada ou subliminar.
    Onde este povo foi doutrinado? Estes professores já viveram mais tempo na democracia que na época da ditadura. Por sinal, os professores mais antigos ainda salvam o contexto. Têm muito mais bom senso.

  8. Susana.
    Professora totalmente autoritária e despreparada. Concordo com a Adalgisa. Existem laranjas podres em todas as profissões. Entretanto,como professora universitária aposentada estou estarrecida com a quantidade de laranjas podres e deformadas também nas escolas. Falta de estudo, leituras e esclarecimento. Fanatismo. Falta ponderação e estudo de sociologia, filosofia e história para essas figuras que não sei como estão lecionando tão precariamente.

  9. Quem não gosta de polícia é bandido, se você não gosta da polícia, quando você estiver em apuros,liga para o Batman.

  10. Só queria ver se essa professora se encontrasse numa situação que precisasse de ajuda, quem ela iria chamar?
    Já que critica tanto assim a polícia. Tem polícia corrupta? Tem, claro que tem, assim como tem em qualquer lugar, seja qual for a profissão vai ter lá uma laranja podre, mas não podemos generalizar e achar que não precisamos deles porque precisamos sim e muito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here