Como o liberalismo fez a Austrália crescer por 25 anos consecutivos sem crises

A Austrália chegou à marca de um quarto de século de crescimento sem recessão na última sexta-feira (1º), um recorde que elevou seu padrão de vida e o tornou um dos melhores do planeta. A última recessão sofrida pelo país aconteceu em 1991. A Austrália está a caminho de ultrapassar o recorde estabelecido pela Holanda na era moderna, com 26 anos de crescimento consecutivo entre 1982 e 2008.

“Boa parte do sucesso se deve a reformas liberais que foram adotadas nos anos 80 e 90, para tornar a economia australiana mais flexível”, disse Paul Bloxham, economista do banco HSBC. “Elas incluíram forte redução de tarifas, desregulamentação do mercado de trabalho, câmbio livre para o dólar australiano e desregulamentação do sistema financeiro”.

Bob Hawke, primeiro-ministro da Austrália entre 1983 e 1991, diz que foi desafiado a promover reformas por Lee Kuan Yew, então primeiro-ministro de Cingapura, que alertou que a Austrália seria “o lixo branco pobre” da Ásia se não abrisse sua economia.

O economista Saul Eslake diz que a criação de um regime de política monetária altamente confiável pelo Banco de Reserva da Austrália conseguiu manter a inflação em sua meta de 2% a 3% ao ano e foi crítico para o sucesso.

“Foi o único nos países desenvolvidos que não cometeu o erro de deixar as taxas de juros baixas demais por tempo demais no começo dos anos 2000″‘, ele disse. “Essa é uma grande razão para que a Austrália não tenha sofrido contração no mercado habitacional ou uma crise financeira interna em 2007-2009, quando tantos outros países ocidentais o fizeram”.

Ao contrário de muitas das demais economias ocidentais, a Austrália manteve a disciplina fiscal no final dos anos 90 e começo dos 2000, com o então primeiro-ministro John Howard gerando superávits orçamentários em 10 dos 11 anos até 2007-2008.

A disparada na demanda da China por minério de ferro, carvão e outros minerais, nas duas últimas décadas, também melhorou os termos de comércio internacional da Austrália e elevou sua renda.

A alta imigração e o rápido crescimento populacional ajudaram a Austrália a apresentar desempenho superior ao de outras economias ocidentais e escapar da recessão. Isso ajudou a alimentar um boom na habitação nos últimos três anos, o que deu sustentação à economia durante uma prolongada queda no mercado de commodities.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

5 COMENTÁRIOS

  1. Aí cês sabem como é, o país fica rico e é danado para político
    começar a fazer graça com medidas do tipo:

    a) Dar auxílio-gonorréia de dois anos;
    b) Exigir que para se trocar uma carrapeta se contrate um encanador sindicalizado;
    c) Impor que as lâmpadas de jardim não ofusquem as mariposas.

    TÃO VENDO? A AUSTRÁLIA É SOCIALISTA!

    • ‘Virar’ liberal, só temos a ganhar, camarada!!
      AVANTE!! AVANTE !!

      “O sol brilhará para todos nós !” como diz a música!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here