Em ato contra o “golpe”, estudante pede para Chauí socializar seu salário de R$ 23 mil (Veja)

Durante um ato contra o “golpe” na USP, o estudante Felipe Lintz, que faz parte do movimento Unesp Livre e Viral Livre, mostrou um cartaz para a professora socialista da USP, Marilena Chauí.  A docente ficou conhecida no Brasil com a viralização de seu vídeo na web em que mostra o seu ódio a classe média. No vídeo,  o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e aplaude o discurso dela. Entretanto, tanto o ex-presidente Lula, que é milionário, quanto a professora, já não pertencem mais à classe média e sim à classe social mais alta do país (Deve ser por isso que odeiam tanto a classe média). Ambos, Lula e Chauí, defendem fazer populismo, mas, é claro, apenas com o dinheiro dos outros.

Veja: 

14183740_1289629794414716_4533288706533760750_n

 

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

48 COMENTÁRIOS

  1. O problema não está nos cursos! Qual a diferença que cursos de humanas como Direito e Administração não tem tantos esquerdistas como em Filosofia, História, etc? Se chama falta de valorização dos professores. Profissões que pagam pouco geram cursos com baixas concorrência; cursos mais fáceis são muito mais acessíveis para pessoas que não tem preparo por falta de igualdade em oportunidades no ensino (muitos revoltados) ou por que não querem estudar. Essas pessoas são os alvos mais fáceis para doutrinação.

    Quem quiser pode comprovar facilmente, pegue os cursos menos concorridos nas faculdades e veja que são onde se encontra a militância de esquerda.

    A solução para este problema, e muitos outros, é um só: a valorização da educação.

    • A solução para esse problema, e muitos outros, é privatizar e deixar que apenas quem quiser usar o serviço pague por ele.

  2. Um dia ouvi na rádio CBN uma entrevista sobre o perfil dos professores de matemática com uma conclusão alarmante : quem era ruim em matemática na escola tendia a ser professor (pedagogia. Licenciaturas..) e quem era bom fazia Engenharias. Procurei esta pesquisa mas não achei. Porem era confiável por ter saido na CBN.
    Eu fiz exatas. Eletrônica. Lembro-me de um colega da Fisica dizendo que havia colegas seus que se formaram sem saber Cálculo. Nas eng se o cara é ruim leva pau e sai …

  3. Estes comentários acima refletem a necessidade de se investir pesado em humanidades, e é urgente! Socorro!

  4. Qual a relação entre ser de esquerda ou partilhar a ideias de esquerda e ser socialista? Nunca entendi o motivo de tal comparação. Eu pessoalmente partilho as ideias de esquerda mas sou adepto do capitalismo, simples assim. Ao meu ver o capitalismo é a única forma que assemelha ao espirito individualista e competitivo, mas isso nao me impede de ser adepto de sistema de governo que deem mais atençao a uma parcela da populacao mais necessitada, que busque programas sociais, uma coisa nao anula a outra. Ainda tanto se fala em socialismo, entretanto, nunca houve uma naçao sequer socialista de verdade, nunca, todas se aventuraram para ditadura. Ainda, as pessoas julgam os cursos de humanas, elevem o nível intelectual… Sem mais.

    • Isso não te deixa menos socialista, você é apenas um socialista fabiano e não um marxista. O dinheiro dos “programas sociais” não cai do céu, vem da mesma população que o governo diz ajudar.

      • Claro, óbvio que não cai do céu. Vem dos impostos que pagamos, entretanto, como cumpridor do pacto social em que vivemos, não cabe a mim (neste momento) definir a finalidade. A máxima das pessoas de direita é simples, se eu não uso não devo contribuir, mas cabe ao individuo definir tal coisa? Ou neste estado democratico de direito elegemos um programa para tais anseios? No mais, o Estado deve ser eficiente, aqui em terras tupiniquins esta a quilometros luz de ocorrer. No mais, este lugar precisa destas medidas paleativas (programas sociais que nao tem verba do ceu) para suprir lacunas de ex colonia de exploracao, bem como reformas a longo prazo que serao sentidas daqui uma duzia de gerações

  5. Faculdades Públicas, principalmente, são antros de ratos de porão que sairão do museu de 64 pregando o Comunismo falido no mundo, atacando o jovem que batalhou pra entrar em uma Instituição pública. Com suas idéias retrógradas e imbecis, com aromas canabianos e ódio,transformando-os em robôs idiotas. Fora ratos de porão.
    Pra vcs que já estão com o c* na mão, BOLSONARO 2018.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here