DOE

Em ato contra o “golpe”, estudante pede para Chauí socializar seu salário de R$ 23 mil (Veja)

Durante um ato contra o “golpe” na USP, o estudante Felipe Lintz, que faz parte do movimento Unesp Livre e Viral Livre, mostrou um cartaz para a professora socialista da USP, Marilena Chauí.  A docente ficou conhecida no Brasil com a viralização de seu vídeo na web em que mostra o seu ódio a classe média. No vídeo,  o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e aplaude o discurso dela. Entretanto, tanto o ex-presidente Lula, que é milionário, quanto a professora, já não pertencem mais à classe média e sim à classe social mais alta do país (Deve ser por isso que odeiam tanto a classe média). Ambos, Lula e Chauí, defendem fazer populismo, mas, é claro, apenas com o dinheiro dos outros.

Veja: 

14183740_1289629794414716_4533288706533760750_n

 

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!