Marcelo Freixo, o candidato preferido pela “burguesia” que o PSOL diz combater

Marcelo Freixo é um daqueles paradoxos da política brasileira. Ao contrário de seu discurso socialista e defensor da justiça social, a base eleitoral dele é justamente a tal “burguesia” que o PSOL tanto diz combater. Sim, a famosa “esquerda caviar” que protesta contra Michel Temer ouvindo Caetano Veloso em Paris, completamente descolada da realidade.

Ouso dizer que boa parte do eleitorado de Freixo não faz ideia de onde fica o Catete. Engenho de Dentro, então, parafraseando a famosa música de Zeca Pagodinho, “nunca vi, nem comi, eu só ouço falar”. Mesmo assim, são aqueles que bradam aos quatro ventos que “nós temos que fazer algo pelos pobres e acabar com as desigualdades”, desde que esse “nós” sejam os outros, claro.

Marcelo Freixo é o preferido dos eleitores mais ricos da cidade, a "burguesia" que o PSOL diz combater
Marcelo Freixo é o preferido dos eleitores mais ricos da cidade, a “burguesia” que o PSOL diz combater. Quanto menor a renda, menor o apoio a Freixo. Fonte: IBOPE

Aquela gente que é incapaz de entender causa e efeito, invade universidades e não deixa estudantes estudarem e professores darem aulas enquanto pedem melhor educação. Gente que defende que uma única visão de mundo e ideologia é válida, e tenta silenciar aos gritos e pontapés qualquer opinião contrária.

São os que financiam ou se auto-declaram “mídia independente” enquanto recebem milhares de dólares de mega-capitalistas internacionais para tentar impor a toda sociedade sua visão de mundo, independente do que a sociedade pensa ou quer. O resultado do plebiscito sobre o desarmamento, que foi ignorado, está aí para provar novamente isso.

Freixo é o candidato dos que acham que financiar terroristas para assassinam trabalhadores, como o cinegrafista Santiago Ilídio Andrade da TV Bandeirantes, é justificável.

Freixo é o candidato que declara patrimônio de 5.000 reais enquanto recebe 20.000 reais por mês, e pensa que as pessoas têm de votar em quem não consegue gerir as próprias finanças para comandar a prefeitura da segunda maior cidade do país. Isso passa despercebido pelo eleitor que declara votar no candidato do PSOL porque, provavelmente, nunca precisou gerir qualquer tipo de orçamento.

Freixo é a quintessência da falsidade da esquerda brasileira até no nome do partido que representa: “Socialismo e Liberdade” jamais podem estar na mesma frase, e os venezuelanos, cubanos e norte-coreanos, dentre tantos outros, nos mostram isso. Entretanto, no mundo de faz-de-conta da Barra da Tijuca, Recreio e Leblon, isso é possível.

Freixo é mais do mesmo, daqueles que nunca estudaram história e economia decentemente (e mandam os outros estudar). Gente vazia, que nunca produziu nada para o mundo além de sua própria arrogância.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

10 COMENTÁRIOS

  1. Defender táxi é o mesmo que defender que devemos continuar com máquina de datilografar em plena era da informática. Viva a liberdade, o Estado não deve se intrometer nestes assuntos. Quem escolhe o que é melhor são as pessoas.

  2. Olha a situação do RJ: de cima pra baixo na lista temos: um pastor ladrão, um comuna de butique, um cripto-nazista, uma comuna com deficiência mental, um retardado mental e uma olavete… nem vou continuar a lista, já deu. Pobre cidade.

  3. Marcelo Freixo defende empresa capitalista, escravocrata e usurpadora do direito público chamada UBER.

    • No caso, quem defende um modelo escravocrata que obriga trabalhadores a terem uma autorização estatal – chamada alvará – para trabalhar é você.

      • Ótima resposta, e segundo as entrevistas do tal canditado Frouxo… Ele é sim contra o Uber e a favor de um controle maior do estado nos taxistas…

  4. Como assim não sabem onde fica o Catete? Eles moram justamente em bairros como o Catete, bairros da zona sul carioca que não sofrem com as mazelas dos bairros afastados da zona oeste ou zona norte. E outra, o curral eleitoral do Freixo é justamente a Zona Sul 1 (Glória, Catete, Largo do Machado, etc). O artigo está bom, mas essa informação está equivocadíssima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here