Quem quer intervenção militar precisa mesmo é de uma intervenção psiquiátrica

Não consigo olhar para quem pede por ditadura com bons olhos. A mim, isto é impossível. Muitos colegas chateiam-se e me chamam a atenção para o fato de que tal clamor é, geralmente, feito por ignorantes, e que por esta razão eu deveria pegar leve e tentar compreendê-los.

Todavia, já os compreendo. Também afirmo que já vi gente de todo tipo – pobre ou rico, negro ou branco, idoso ou jovem – pedir por uma intervenção militar ou pela revolução do proletariado. A questão é que não se trata de ignorância. Se fosse este o caso, combater-se-ia através da propagação de conhecimento, e isso bastaria. O que causa tal desejo nessas infelizes criaturas é o desespero.

O desespero infantil que neles se manifesta é fruto de um autoritarismo adormecido, pois, em verdade, somos todos um pouquinho autoritários. O que os distingue como subespécie é a ausência de princípios éticos e de empatia. Eles partem de um pressuposto em que sua insatisfação com a realidade legitima, em absoluto, qualquer tipo de reação, sem a menor preocupação com resultados ou consequências. O que querem, no fim, é que algum ídolo, um santo milagreiro, venha e solucione os problemas vividos por meio da força, impondo a partir disso os seus ideais.

Naturalmente, como são desesperados e histéricos, não desejam construir algo pelas bases. Pensam, assim, que seja possível começar um edifício pelo telhado. Figuras assim, em sua maioria, não conhecem o “não”. Quando crianças, provavelmente ganhavam o que queriam após baterem o pé no chão. Esta é a possível origem de tanta impaciência no que tange a mudar as coisas.

No entanto, a maior ilusão destes coitados é a crença na benevolência alheia. Pensam eles que o milagroso ditador é um homem de boa-fé, e que por isso jamais fará o mal. Acreditam, ainda, que toda a força e a violência serão direcionadas somente contra aqueles que, segundo eles próprios, são os “elos ruins’ da sociedade. Um fatídico engano cometido por muitos. Era assim que pensavam os primeiros revolucionários do iluminismo francês, até mesmo os que foram decapitados por “traição”, o que traduzindo para a linguagem dos tiranos significa apenas que discordaram de algo no processo.

Encerro, portanto, deixando claro que nutro imenso desrespeito por estas patéticas figuras. Mas desejo a elas que conquistem o que pedem: repressão e censura. Bom seria vê-los todos a caminho da Coréia do Norte.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

14 COMENTÁRIOS

  1. Muito obrigado por compartilhar tanto conteúdo de valor. Vou continuar seguindo o blog / site e compartilhando

    • Ninguém aguenta mais esses deputados senadores levando milhões em salários e não.mudam as .leia penais.o crime organizado matando ..por causa dele a fechando empresas comércios.. um inferno uma guerra cível e os direitos humanos defendendo bandidos..por isso regime militar no ja derrubar e tirar bandidos políticos e bandidos do crime organizado. Vamos para rua regime militar agora!!os militares já estou.na rua…mas não.podem derrubar políticos.. .queremos militares .brasilia

  2. Se. Roger, Deus comentários são no mínimo uma piada ao querer passar por intelectual!! Sua afirmações e suas avaliações sobre este assunto Chega a ser ofensiva as pessoas de bem que ainda restam nesse pais e uma infâmia a história de glória do nosso governo democrático militar que durante aquele época construíram valores e pessoas de honra que elevaram o país! Não Se clama por ditaduras, ou opressão como nos países onde seus regimes são ditadores, assim como o Brasil de hoje! Se clama por um Brasil livre pelo ordem e progresso e o fim deste regime que aí está assolando o país!
    O Sr Roger deveria se desculpar com as pessoas que ofendeu com sua matéria tendenciosa!

    • Aurélio,
      Em qual trabalho historiográfico você se baseia para afirmar que o regime militar foi glorioso e que não foi uma ditadura?
      Você quer dizer que todas as pessoas presas e torturadas pelo regime e que posteriormente o denunciaram estão mentindo ou que mereciam? Se você optar pela primeira resposta, sinto lhe informar que existem trabalhos e mais trabalhos científicos que discordam de ti. Se optar pela segunda resposta, você estará demonstrando que o autor do texto tem razão.

  3. Lembro do Passarinho relatando no documentário “O Dia Que Durou 21 Anos” a sua surpresa quando o AI-5 foi imposto em 1968. Ele e outros que apoiaram o golpe chamaram o AI-5 de “O Golpe Dentro do Golpe”…

  4. Não defendo nenhuma ditadura, pelo contrário, acho que não deveriam existir, mas… INTERVENÇÃO é diferente de DITADURA. Leia a Carta Magna, conheça sobre a história do Brasil ou apenas revise seu texto, antes de falar.
    ps: Sabe quem derrubou o estado novo de Getúlio Vargas?

    • O que a Constituição diz é que as forças armadas respondem ao presidente. Simples assim.

      Era esse o seu argumento?

  5. Cara, quanta besteira e tendenciosismo. Só um esquerdopata, pago por esta cambada de comunistas que estão no poder, pra falar tanta merda. Repressão é o que vivemos hoje, com medo de tudo e de todos. Cidadãos de bem estão enjaulados dentro de suas casas, não saímos mais à rua com medo de sermos mortos, pois a lei é só pra vagabundo. Tiranizaram nossas policias e colocam os marginais em pedestais, mas aí eu pergunto: Se tiver um vagabundo estuprando a tua mulher e os teus filhos, vc vai chamar quem??? O Batman? a maria do rosário?? Faça-me o favor. O sus é uma piada, aposto que vc tem plano de saúde, né? Faz assim ó, vai pra fila da santa casa esperar atendimento. Acabaram com a educação, moral e civilidade das pessoas, tiraram-nos a esperança e jogaram-nos uns contra os outros com esta história de separação de classes, cor, credo, orientação sexual… Autoritarismo é o que vivemos hoje, onde as pessoas vão pra rua reivindicar e no outro dia toma aumento de imposto, sai mais uma e toma aumento da conta de luz, os caminhoneiros param, ótimo, vamos inventar uma multa, sai de novo, vamos aumentar esta multa para um valor que eles nem cogitem a ideia de paralisação… Um governo que faz isso é tirânico, nefasto e satânico. Esta é a tua liberdade??? Se vc não sabe, o PT é alinhado com a vertente comunista da rússia, cuba, china e, a que vc nos mandou morar, coreia do norte. A informação que vc tenta, descaradamente, distorcer é MENTIRA, VIL e MALICIOSA, bandida mesmo, coisa de terrorista. Vá vc pra cuba que o pariu.

    • “O sus é uma piada, aposto que vc tem plano de saúde, né?”

      Não. Não tenho. Uso o SUS mesmo.

      “Só um esquerdopata, pago por esta cambada de comunistas que estão no poder, pra falar tanta merda.”

      Sr. Regis, você está me acusando de receber propina para mentir. Conversarei com o host do site e vamos localizar seu IP. Em breve o senhor receberá uma intimação judicial por me acusar de um crime que não cometi.

      E quanto ao resto de sua resposta, sinto informá-lo que eu não li. Você parece um macaco batendo com a cabeça no teclado, sua racionalidade é zero.

      • Ué! Vai pedir ajuda ao papai Estado para punir o Regis?
        Esqueceu do crime sem vítima? Aqui nem se trata de crime.
        Caso não queira ler, acompanhe pelo menos o Daniel Fraga.
        Mas se comportar assim só reforça o que o Regis falou.

        E por isso, o liberalismo é inviável no Brasil, além do que já sabemos. A maior parte da população passiva, realmente quer que alguém faça tudo por ela.

        E nem tente conseguir meu IP, não vai dar. LOL

        • “Ué! Vai pedir ajuda ao papai Estado para punir o Regis?”

          Ih provocação de parquinho
          “Esqueceu do crime sem vítima? Aqui nem se trata de crime.”

          Injuria e calúnia não é crime? Vai te catar purista. O Regis cometeu calúnia e injúria.

      • Ele te acusou de um crime? Contra sua honra? Mas e o pressuposto libertário de “crime sem vítimas”?

        Vai usar o Estado para punir o cara?

    • Que página maravilhosa. Um artigo e logo em seguida, nos comentários, exemplos e estudos de caso! Sem brincadeira, um glorioso festival de falácias! Ad hominen, apelo ao medo, non sequitur… como diria Jailson, o pai de família: que delícia, cara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here