35 mil venezuelanos vão à Colômbia e 10 mil retornam após rápida abertura de fronteira

Anunciada no sábado pelo ditador Nicolás Maduro, nunca clara demonstração de que até mesmo o governo venezuelano admite o fracasso do socialismo, a abertura da fronteira da Venezuela com a Colômbia, um dos países com a maior liberdade econômica da América Latina, levou 35 mil venezuelanos a cruzarem a fronteira em apenas 12 horas, de acordo com o governo colombiano. Muitos venezuelanos foram comprar arroz, farinha e remédios no país vizinho, enquanto outros iam com malas maiores. No último levantamento disponível até o momento, somente 10 mil pessoas tinham voltado à Venezuela.

O governador do estado de Norte de Santander, William Villamizar, aproveitou o dia para defender que a fronteira seja aberta novamente de forma definitiva, enquanto o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, pediu ao comércio da região de fronteira que disponibilizasse o máximo de produtos possível para compra por parte dos venezuelanos. A fronteira entre Venezuela e Colômbia foi fechada em agosto de 2015 por ordem do ditador socialista Nicolás Maduro.

Assista a um trecho da saída dos venezuelanos em direção à Colômbia:

https://www.facebook.com/institutoliberaldesaopaulo/videos/2052016098357199/

1 COMENTÁRIO

  1. Pior é que este ditador maluco, se perceber que as pessoas não voltam, vão fechar definitivamente as fronteiras, a exemplo de Cuba (Com a diferença que em Cuba é mais fácil aprisionar seus moradores). O absurdo é defenderem ainda um sistema de governo destes. Socialismo e Comunismo nunca deram certo no Mundo.. Ou alguém já viu uma fila de gente assim entrando num País Socialista, querendo viver lá?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here