DOE

35 mil venezuelanos vão à Colômbia e 10 mil retornam após rápida abertura de fronteira

Anunciada no sábado pelo ditador Nicolás Maduro, nunca clara demonstração de que até mesmo o governo venezuelano admite o fracasso do socialismo, a abertura da fronteira da Venezuela com a Colômbia, um dos países com a maior liberdade econômica da América Latina, levou 35 mil venezuelanos a cruzarem a fronteira em apenas 12 horas, de acordo com o governo colombiano. Muitos venezuelanos foram comprar arroz, farinha e remédios no país vizinho, enquanto outros iam com malas maiores. No último levantamento disponível até o momento, somente 10 mil pessoas tinham voltado à Venezuela.

O governador do estado de Norte de Santander, William Villamizar, aproveitou o dia para defender que a fronteira seja aberta novamente de forma definitiva, enquanto o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, pediu ao comércio da região de fronteira que disponibilizasse o máximo de produtos possível para compra por parte dos venezuelanos. A fronteira entre Venezuela e Colômbia foi fechada em agosto de 2015 por ordem do ditador socialista Nicolás Maduro.

Assista a um trecho da saída dos venezuelanos em direção à Colômbia:

https://www.facebook.com/institutoliberaldesaopaulo/videos/2052016098357199/

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!