Após declarações de Palocci sobre Lula, PCdoB estuda plano B e PT rejeita Ciro

O PCdoB (Partido Comunista do Brasil), parceiro histórico do PT (Partido dos Trabalhadores), passou a buscar uma alternativa para 2018 após uma série de reuniões na última semana. O depoimento de Antonio Palocci ao juiz Sergio Moro aumentou a sensação de que Lula não conseguirá ser candidato.

Se Lula puder concorrer, a aliança estará assegurada. Caso contrário, os comunistas desejam ter o próprio plano B até novembro.

O recente ataque de Ciro Gomes (PDT-CE) a Lula foi um outro sintoma de desagregação da esquerda. O PT afirma que o pré-candidato do PDT ao Planalto minou as chances de uma aliança caso o ex-presidente não possa ser candidato e aumentou a rejeição a Ciro junto aos integrantes dos “movimentos sociais” petistas.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here