DOE

Após declarações de Palocci sobre Lula, PCdoB estuda plano B e PT rejeita Ciro

O PCdoB (Partido Comunista do Brasil), parceiro histórico do PT (Partido dos Trabalhadores), passou a buscar uma alternativa para 2018 após uma série de reuniões na última semana. O depoimento de Antonio Palocci ao juiz Sergio Moro aumentou a sensação de que Lula não conseguirá ser candidato.

Se Lula puder concorrer, a aliança estará assegurada. Caso contrário, os comunistas desejam ter o próprio plano B até novembro.

O recente ataque de Ciro Gomes (PDT-CE) a Lula foi um outro sintoma de desagregação da esquerda. O PT afirma que o pré-candidato do PDT ao Planalto minou as chances de uma aliança caso o ex-presidente não possa ser candidato e aumentou a rejeição a Ciro junto aos integrantes dos “movimentos sociais” petistas.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!