Dilma estuda multar quem não matar “a mosquita” do Aedes aegypti

A fim de “resolver” o problema da transmissão de dengue, chikungunya e zika viírus feita pelo Aedes aegypti, Dilma teve uma nova ideia: pediu um estudo à área jurídica do governo sobre como multar os proprietários de casas, terrenos e estabelecimentos comerciais que não matem “a mosquita”.

A fiscalização e cobrança da multa ficará a cargo dos municípios. Resta saber como ser obrigado a entregar mais dinheiro ao estado pode combater um mosquito.

Com informações do Radar Online da Veja

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

2 COMENTÁRIOS

  1. Ainda bem que a Argentina tá pertinho. Não precisa nem passaporte e a barreira linguística é pequena. Partiu cursinho de espanhol.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here