Em dois dias, 1,1 milhão de venezuelanos assinam apoio ao referendo para tirar Maduro do poder

As filas aumentaram na Venezuela. Mas, dessa vez, não estão sendo feitas para comprar comida. Em apenas dois dias, 1 milhão e 100 mil venezuelanos compareceram aos locais de assinatura para aprovar o pedido de referendo e retirar do poder o presidente socialista da Venezuela, Nicolás Maduro. O volume é cinco vezes superior ao exigido pelo Consejo Nacional Electoral (CNE, o TSE venezuelano) para que o processo do referendo seja iniciado pelo CNE.

Após o CNE analisar e validar as assinaturas, serão necessárias 4 milhões de assinaturas para que o referendo seja efetivamente convocado pelo CNE. Por fim, para revogar o mandato de Nicolás Maduro, a votação a favor do “Sim” no referendo deve ser superior a 7.587.532 votos (número de votos que Maduro obteve em 2013 quando foi eleito). Nas últimas eleições parlamentares, realizadas em dezembro de 2015, havia 19,5 milhões de eleitores venezuelanos aptos a votar.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here