Empresa é obrigada a retirar papinha do mercado por não ter selo da Anvisa

Mesmo tendo solicitado o pedido de registro na estatal Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em 2013, e tendo feito várias solicitações posteriores, a fabricação, distribuição, comercialização e divulgação dos produtos da marca Faz Bem (Papinhas de Frutas, Papazinhos e Papinhas Orgânicas) foi proibida pela própria Anvisa.

Além de deter o monopólio sobre vários segmentos do mercado nacional, o estado regula o que pode ser comercializado ou não, impedindo a geração de novos empregos, perseguindo empreendedores e garantindo que somente as empresas corporativistas – amigas do estado e anti-capitalistas – possam atuar no setor.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

1 COMENTÁRIO

  1. É uma das razões por que muitas empresas brasileiras estão a instalar-se no Paraguay, pagando ali impostos baixos e podendo exportar mais facilmente para todos os países da Mercosul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here