Governo Macri demite mais 6 mil funcionários e irá auditar universidades estatais

O ministro de modernização do governo Macri, Andres Ibarra, confirmou hoje a demissão de mais 6 mil funcionários públicos e a suspensão das contratações pelas universidades estatais a partir de 1° de março, a fim de auditar todas as contratações e demissões feitas nos três últimos meses do governo da esquerdista Cristina Kirchner.
“A auditoria irá analisar as contratações e demissões em busca de fraudes”, disse Ibarra em uma coletiva de imprensa.
O estado argentino possui atualmente 450 mil funcionários e os 6 mil funcionários públicos que serão demitidos fazem parte dos 65 mil contratados nos últimos três anos do governo Cristina Kirchner.

Com informações da Agencia DyN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here