Governo Macri demite mais 6 mil funcionários e irá auditar universidades estatais

O ministro de modernização do governo Macri, Andres Ibarra, confirmou hoje a demissão de mais 6 mil funcionários públicos e a suspensão das contratações pelas universidades estatais a partir de 1° de março, a fim de auditar todas as contratações e demissões feitas nos três últimos meses do governo da esquerdista Cristina Kirchner.
“A auditoria irá analisar as contratações e demissões em busca de fraudes”, disse Ibarra em uma coletiva de imprensa.
O estado argentino possui atualmente 450 mil funcionários e os 6 mil funcionários públicos que serão demitidos fazem parte dos 65 mil contratados nos últimos três anos do governo Cristina Kirchner.

Com informações da Agencia DyN

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here