DOE

Governo Macri demite mais 6 mil funcionários e irá auditar universidades estatais

O ministro de modernização do governo Macri, Andres Ibarra, confirmou hoje a demissão de mais 6 mil funcionários públicos e a suspensão das contratações pelas universidades estatais a partir de 1° de março, a fim de auditar todas as contratações e demissões feitas nos três últimos meses do governo da esquerdista Cristina Kirchner.
“A auditoria irá analisar as contratações e demissões em busca de fraudes”, disse Ibarra em uma coletiva de imprensa.
O estado argentino possui atualmente 450 mil funcionários e os 6 mil funcionários públicos que serão demitidos fazem parte dos 65 mil contratados nos últimos três anos do governo Cristina Kirchner.

Com informações da Agencia DyN

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!