Justiça da Venezuela condena dono de jornal à prisão por denunciar casos de corrupção

Nessa sexta-feira, um tribunal do interior da Venezuela condenou David Natera, dono do jornal Correo del Caroni, a quatro anos de prisão por difamação e injúria. As acusações são de 2013, quando o jornal fez denúncias de um esquema de corrupção na mineradora estatal Ferrominera De Orinoco. A defesa tem dez dias úteis para recorrer. Enquanto espera pela sentença final,  Netera não poderá sair do pais e terá que se apresentar a justiça a cada dez dias. Se a sentença for confirmada, provavelmente o jornal fechará as portas.

O Coreo del Caroni é um dos poucos jornais que não se alinharam ao governo ditatorial de Nicolas Maduro. A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), ONGs e políticos opositores com o ex-candidato à presidência, Henrique Capriles, criticam Maduro pelo constante cerco à imprensa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here