Mídia nacional e internacional culpa caminhão por atentado terrorista em Nice

Em mais uma incrível mostra de como a mídia nacional e internacional, amplamente dominadas pela esquerda, tentam de toda forma tirar a culpa dos criminosos e terroristas – especialmente islâmicos – quando as tragédias acontecem foi a cobertura do atentado ocorrido em Nice, França, na data de ontem (14), quando um terrorista islâmico utilizou um caminhão para matar 84 pessoas e ferir outras 100.

Nas manchetes dos principais sites nacionais, o culpado era claro: o caminhão, que – sozinho, sem qualquer terrorista islâmico na direção – atropelou a multidão. Confira:

O atentado islâmico em Nice já tem um culpado: o caminhão
O atentado islâmico em Nice já tem um culpado: o caminhão
O atentado islâmico em Nice já tem um culpado: o caminhão
O atentado islâmico em Nice já tem um culpado: o caminhão

A mídia internacional não ficou muito atrás da brasileira. Nas manchetes das principais mídias internacionais, mais uma vez o caminhão atacou sozinho as pessoas em Nice:

Na mídia internacional não foi diferente: o "truck attack" foi a manchete
Na mídia internacional não foi diferente: o “truck attack” foi a manchete

9 COMENTÁRIOS

  1. A análise me parece muito precipitada! Não há evidências de que se trata de um atentado islâmico. É possível que seja, mas até o caráter terrorista ainda não é garantido. Na França mesmo um copiloto suicida jogou seu avião lotado contra as montanhas, por motivações pessoais.

  2. Nao defendendo eles, mas ate algumas horas depois do ataque eles nao sabiam quem estava dirigindo o caminhao.
    O problema que ultimamente as pessoas estao culpando cada vez mais os islamicos pelos atentados. Tenho muito amigo islamico que repudia tanto os atentados quanto a gente.

    • Retrocedamos 25 anos no tempo e pensemos em quantos atentados com alguma conotação religiosa acotneceram. Eu consigo lembrar de dois que não tinham conexão com o Islã: Shoko Asahara e sua seita jogando gás sarin no metrô de Tokyo e aquele maluquinho do Anders Behring Breivik, que matou um monte de gente na Noruega e se dizia um cristão conservador.

      Fora estes, TODOS os atentados com mortos dos últimos 25 anos tinha conexão com o Islã. Negar isso é tentar tampar o sol com uma peneira.

    • Repúdio? Quero ver ação. Quem diz se comover é quem dá aquele sorriso de canto de boca- aquele que concorda com a matança, porque segue a sharia, só não tem coragem de fazer. Medidas do ESTADO ISLÂMICO para coibir? Nunca haverão- no máximo um governante dizendo: – Sentimos muito…
      Blá, blá, blá

      Confrontar a Sharia? Jamais!

  3. GENIAL. EXCELENTE análise.

    PS.: vcs tão de brincadeira com essa capitcha.
    Pedir pra que as pessoas resolvam tabuada em inglês é demais…kkk
    Ng vai comentar….

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here