DOE

Mídia nacional e internacional culpa caminhão por atentado terrorista em Nice

Em mais uma incrível mostra de como a mídia nacional e internacional, amplamente dominadas pela esquerda, tentam de toda forma tirar a culpa dos criminosos e terroristas – especialmente islâmicos – quando as tragédias acontecem foi a cobertura do atentado ocorrido em Nice, França, na data de ontem (14), quando um terrorista islâmico utilizou um caminhão para matar 84 pessoas e ferir outras 100.

Nas manchetes dos principais sites nacionais, o culpado era claro: o caminhão, que – sozinho, sem qualquer terrorista islâmico na direção – atropelou a multidão. Confira:

O atentado islâmico em Nice já tem um culpado: o caminhão
O atentado islâmico em Nice já tem um culpado: o caminhão
O atentado islâmico em Nice já tem um culpado: o caminhão
O atentado islâmico em Nice já tem um culpado: o caminhão

A mídia internacional não ficou muito atrás da brasileira. Nas manchetes das principais mídias internacionais, mais uma vez o caminhão atacou sozinho as pessoas em Nice:

Na mídia internacional não foi diferente: o "truck attack" foi a manchete
Na mídia internacional não foi diferente: o “truck attack” foi a manchete

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!