PT divulga nota em apoio à ditadura socialista na Venezuela

O Partido dos Trabalhadores divulgou nota, nesta segunda-feira (3), em que manifesta seu repúdio e oposição à política externa brasileira diante a ditadura venezuelana. O governo brasileiro tem lutado, juntamente com Argentina, Paraguai e Uruguai, para expulsar a Venezuela do Mercosul por não cumprir cláusula democrática após o supremo tribunal venezuelano assumir a função da Assembléia Nacional. composta por opositores do governo Nicolas Maduro.

“Particularmente, o desrespeito a princípios básicos de nossa diplomacia como a não ingerência em assuntos internos de outros países e o respeito à autodeterminação dos povos”, diz o documento assinado pelo presidente nacional do PT, Rui Falcão, e pela secretária de Relações Exteriores, Mônica Valente.

Cópia do site oficial do PT com o artigo em apoio à Venezuela

Veja na íntegra:

“NOTA EM DEFESA DA VENEZUELA

O Partido dos Trabalhadores manifesta seu repúdio e oposição à forma como o governo golpista vem manejando a política externa do Brasil no tocante à América do Sul e, particularmente, o desrespeito a princípios básicos de nossa diplomacia como a não ingerência em assuntos internos de outros países e o respeito à autodeterminação dos povos.

É visível que o governo golpista decidiu encabeçar uma campanha da direita contra a esquerda no continente e assumiu uma postura belicista, particularmente contra a República Bolivariana da Venezuela.

O governo usurpador aproveita-se de informações distorcidas disseminadas pela mídia para tentar justificar as medidas contra o país vizinho, inicialmente, suspendendo-o do Mercosul e agora nas palavras do ministro golpista das Relações Exteriores, aplicar a Cláusula Democrática do Mercosul “para expulsar a Venezuela” do bloco. Ele afirmou à Folha de S.Paulo que manter a Venezuela apenas suspensa, como está agora, “seria uma ficção que avacalharia o Mercosul”.

Ignora o chanceler que o Protocolo de Ushuaia não prevê o mecanismo de “expulsão”.

Como é sabido, há uma crise política na Venezuela, decorrente de uma disputa polarizada entre o governo de Nicolás Maduro e a oposição, majoritária no Parlamento. Porém, não existe a decisão do Tribunal Supremo de Justiça de retirar os poderes do legislativo venezuelano e as imunidades de seus membros. O que existe é uma situação de desobediência do Parlamento no que tange a realizar novas eleições para definir três mandatos de deputados, impugnados pela justiça eleitoral, por terem comprado votos para se elegerem. Além disso, como o Parlamento se recusou a votar determinadas propostas administrativas advindas do Executivo, o Tribunal decidiu sobre o mérito a pedido do governo. Neste aspecto, não há diferenças entre o que ocorre na Venezuela e o que se passa corriqueiramente no Brasil na relação entre o STF e o Congresso Nacional.

Não interessa ao povo brasileiro, o rompimento do Mercosul e tampouco é vontade do povo brasileiro contribuir para a desestabilização de um país vizinho que sempre manteve boas relações com o Brasil.

Temos a convicção que o povo venezuelano saberá encontrar, por meios próprios, a solução para os seus conflitos. Exigimos que o Ministério de Relações Exteriores, em vez, de “jogar combustível” no conflito, busque soluções responsáveis tanto no âmbito do Mercosul quanto da OEA.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

7 COMENTÁRIOS

  1. E é muito interessante o fato de que eles não perdem uma oportunidade… cada parágrafo uma pérola:
    governo golpista (2X), governo usurpador, ministro golpista…
    E terminam usando o povo: “Não interessa ao povo brasileiro… blá blá… vontade do povo brasileiro…”

    Ninguém tem mais estômago para isso… afff…..

  2. Também é visível como ele decidiu encabeçar uma luta de esquerda contra a direita, mas parece que o problema é só o contrário. Esse cara é um idiota de marca maior.

  3. Quem deu autonomia para esse animal falar em nome do povo brasileiro? ???
    PT nunca me representou e não vai ser agora, deveriam redigir o testo e trocar a parte “…povo brasileiro…” por “…partido dos Trabalhadores (PT) e seus aliados…”
    ???

  4. Simplesmente nojento, preferem que o Maduro fique no poder e o povo na miséria, enquanto tiverem essa ideologia esquerdista atrasada na cabeça sempre apoiarão boçais iguais ao Maduro!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here