Senado do Michigan aprova lei que pune sexo anal e oral com 15 anos de prisão

O Senado do estado de Michigan, nos Estados Unidos, aprovou essa semana uma lei que pune a “sodomia”, no caso, o sexo anal e oral – heterossexual ou homossexual – com até 15 anos de prisão. A lei foi aprovada com facilidade, dado que a ampla maioria do Senado é conservadora.
A aprovação da lei ocorre 13 anos após o Supremo Tribunal dos EUA declarar que todas as leis estaduais contra a “sodomia” eram ilegais por violarem a liberdade dos cidadãos. A fim de contornar tal proibição, a nova lei foi aprovada como “crimes sexuais” de “bestialidade”, com a desculpa de “proteger os animais” dos humanos.

Com informações do Free Thought Project

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here