DOE

Senado do Michigan aprova lei que pune sexo anal e oral com 15 anos de prisão

O Senado do estado de Michigan, nos Estados Unidos, aprovou essa semana uma lei que pune a “sodomia”, no caso, o sexo anal e oral – heterossexual ou homossexual – com até 15 anos de prisão. A lei foi aprovada com facilidade, dado que a ampla maioria do Senado é conservadora.
A aprovação da lei ocorre 13 anos após o Supremo Tribunal dos EUA declarar que todas as leis estaduais contra a “sodomia” eram ilegais por violarem a liberdade dos cidadãos. A fim de contornar tal proibição, a nova lei foi aprovada como “crimes sexuais” de “bestialidade”, com a desculpa de “proteger os animais” dos humanos.

Com informações do Free Thought Project

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!