Temer desiste de privatização e vai manter administração ineficiente de Congonhas e Santos Dumont

A privatização dos aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ) está suspensa. A ideia chegou a ser defendida pelo presidente interino, Michel Temer, no mês passado, em entrevista à Folha, mas técnicos do governo acabaram convencendo o Palácio do Planalto a não dar prosseguimento à ideia.

A equipe econômica defende a privatização dos aeroportos responsáveis pela ponte aérea Rio-São Paulo para engordar o caixa e reduzir o rombo das contas públicas.

Segundo o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, estudos foram apresentados mostrando que a Infraero só tem sustentabilidade com a manutenção desses dois aeroportos em sua rede. Ou seja, a estatal quer usar o dinheiro dos dois aeroportos para cobrir os prejuízos dos demais.

“Se tirar Santos Dumont e Congonhas, vai levar o sistema a um colapso”, afirmou o ministro, lembrando que a estatal é responsável pela administração de outros 63 aeroportos espalhados no país.

Para que a Infraero pare de dar prejuízo, é necessário ainda dar continuidade ao programa de demissão voluntária. Outro medida e fazer com que os futuros administradores dos aeroportos que serão privatizados (Porto Alegre, Florianópolis, Salvador e Fortaleza) paguem pela demissão dos funcionários que não serão aproveitados, o que não ocorreu nas concessões anteriores.

Essas medidas permitiriam à estatal voltar a operar no azul em 2017, mas com uma baixa margem de lucro. A venda de aeroportos rentáveis com outros menos lucrativos ainda é visto por alguns integrantes do governo como a melhor saída para as finanças da estatal. Mas integrantes do Ministério dos Transportes defendem a venda de ações da Infraero.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

4 COMENTÁRIOS

  1. Mas quem iria comprar uma empresa deficitária?
    Dos 63 aeroportos uns 50 dão prejuízo. Mas até 2011 a Infraero dava lucro. Infelizmente o aparelhamento político do PT acabou com a empresa.

  2. Ele ta certo…

    Não pode privatizar apenas 2 aeroportos em que privatizar a Infraero inteira junto com os aeroportos

  3. E porque não privatizam tudo, e extinguem a Infraero????

    Governo de fdp’s, desonestos!!!
    Os ‘esquemas’ não deixam!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here