DOE

Temer desiste de privatização e vai manter administração ineficiente de Congonhas e Santos Dumont

A privatização dos aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ) está suspensa. A ideia chegou a ser defendida pelo presidente interino, Michel Temer, no mês passado, em entrevista à Folha, mas técnicos do governo acabaram convencendo o Palácio do Planalto a não dar prosseguimento à ideia.

A equipe econômica defende a privatização dos aeroportos responsáveis pela ponte aérea Rio-São Paulo para engordar o caixa e reduzir o rombo das contas públicas.

Segundo o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, estudos foram apresentados mostrando que a Infraero só tem sustentabilidade com a manutenção desses dois aeroportos em sua rede. Ou seja, a estatal quer usar o dinheiro dos dois aeroportos para cobrir os prejuízos dos demais.

“Se tirar Santos Dumont e Congonhas, vai levar o sistema a um colapso”, afirmou o ministro, lembrando que a estatal é responsável pela administração de outros 63 aeroportos espalhados no país.

Para que a Infraero pare de dar prejuízo, é necessário ainda dar continuidade ao programa de demissão voluntária. Outro medida e fazer com que os futuros administradores dos aeroportos que serão privatizados (Porto Alegre, Florianópolis, Salvador e Fortaleza) paguem pela demissão dos funcionários que não serão aproveitados, o que não ocorreu nas concessões anteriores.

Essas medidas permitiriam à estatal voltar a operar no azul em 2017, mas com uma baixa margem de lucro. A venda de aeroportos rentáveis com outros menos lucrativos ainda é visto por alguns integrantes do governo como a melhor saída para as finanças da estatal. Mas integrantes do Ministério dos Transportes defendem a venda de ações da Infraero.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!