Terrorista que matou 50 pessoas em boate LGBT era homossexual

O terrorista Omar Mateen, que matou 50 pessoas e feriu outras 53 em uma boate LGBT na cidade de Orlando, Flórida, além de ser muçulmano e filiado ativo do Partido Democrata, o principal partido de esquerda dos Estados Unidos, também era homossexual.

De acordo com funcionários da boate Pulse, onde ocorreu o atentado, Omar era frequentador assíduo da boate e teve que ser expulso da mesma por diversas vezes por mau comportamento. Um amigo de Omar informou que o terrorista frequentava boates LGBT desde 2006 e que chegou a “ir a alguns bares gays com ele”. Uma das performistas na boate, Chris Callen, confirmou que viu Omar “várias vezes na Pulse e muitas outras pessoas o viram também”.

Além disso, Omar também utilizava o Jack’d, um aplicativo para buscar parceiros para encontros homossexuais, de acordo com as buscas feitas no celular do terrorista pelo FBI.

9 COMENTÁRIOS

  1. Não, ele NÃO É homossexual.

    Não há relatos dele saindo, beijando, transando ou tendo relacionamentos sérios com outros homens. O que consta é que ele se apropriou de toda e qualquer tipo de informação que o desse fácil acesso a casa noturna, assim como quais os tipos de pessoas que lá frequentavam e quais eram as datas onde o bar mais lotava. Essas são ações de uma pessoa psicopata que queria causar o maior dano possível, não de um LGBT.

    PAREM DE ACHAR QUE TODO HOMOFÓBICO É UM GAY ENRUSTIDO, PORQUE NÃO É!

    • Pois ele passou 10 anos estudando as vitimas, né? conta outra fi, essa boate é uma loja maçom do seculo 19 por acaso?

  2. Não tem nada que prove que ele era homossexual de fato. Homofóbico sim mas nada comprovado quanto a homossexualidade dele. Ter um perfil no aplicativo não diz nada. Pode ser para conhecer possíveis alvos, se entrosar na cultura gay. Inclusive, o fato de frequentar a boate não significa que ele ia atrás de encontros. Pode ter ido para não levantar suspeitas e estudar o local antes de atacar.

    • Planejar um ataque desse por 10 anos? Duvido muito, diz na reportagem que ele frequenta essas boates pelo menos desde 2006. Não foi um ataque homofóbico, apenas mais um louco que vive em um país onde qualquer possível psicopata pode ter uma arma legalmente e que é de uma religião de loucos, não que as outras religiões sejam certas, pelo contrário o que cada vez mais deteriora o nosso mundo e nossa espécie são as religiões e ideologias extremistas. Não sou ateu nem adendo de nenhuma seita/religião.

    • KKKKKK… Nossa, encontraram o cara com um machado na mão, escorrendo sangue, em cima da vítima, morta e com a cabeça decepada. Mas, o que isso quer dizer? Absolutamente nada! Ele poderia apenas estar tentando socorrer a vítima.
      É mais ou menos isso que eu penso quando eu leio um tipo de comentário desses. Um cara frequenta boates gays há 10 anos, possuí aplicativo de encontro gay, e ainda tem gente alegando que ele não é gay??
      O que, infelizmente algumas pessoas não entendem, é que existe violência contra gays que não tem nada a ver com homofobia, violência contra negros, que não não tem nada a ver com racismo e violência contra mulher que não tem nada a ver com machismo.
      Outro dia estava lendo um artigo sobre a taxa de homicídios de gays no brasil, anualmente, que ficava em torno de 365, colocando o país como o que mais mata homossexuais no mundo. O que eles não informaram, porém, que o Brasil não só é o país que mais mata homossexual no mundo, mas como é o que mais mata gente no mundo, atingindo a incrível média de 50 mil homicídios anuais.
      Além disso, segundo as estatísticas, os homossexuais já representam 10 porcento da população, brasileira,20 milhões de pessoas, o que me fez chegar à seguinte conclusão: Não seria esperado que 10 porcento desses 50 mil homicídios fosse de homossexuais, o que equivaleria a 5 mil homicídios por ano?
      Logo, isso prova exatamente o contrário das teses dos vitimistas esquerdistas de plantão. Na verdade, apenas 0,002% da população de homossexuais é vítima de homicídios, enquanto 0,025% da população de héteros é vítima de homicídios. Isso significa que você tem aproximadamente 10 vezes menos chances de ser assassinado sendo homossexual do que sendo heterossexual.
      Incrível isso, não?

    • Concordo com voce, ele não era gay, democrata e muito menos islamico… Inclusive parece que no mesmo dia foi vista uma nave alienigena que fez as trocas de corpo, ta explicado, subiu Ivo, desceu Eva…

  3. Será que as nossas autoridades estão monitorando de verdade a movimentação dessa gente em território brasileiro há menos de 2 meses para as Olimpíadas? curiosamente tem aumentando em muito o número de jovens de origem árabe/mulçumana na cidade do Rio de Janeiro nos últimos meses e não levam jeito de “refugiados”. Temos alvos emblemáticos em potencial os quais estarão cheios de turistas em agosto, a saber: o Corcovado e a estátua do cristo Redentor, ícone maior do cristianismo no ocidente, o trenzinho que leva ao monumento, o bondinho do Pão de Açúcar, o metrô que levará durante os jogos apenas turistas com ingressos aos locais dos jogos na Barra da Tijuca, sem falar nos estádios lotados de estrangeiros de todas as nacionalidades só como exemplos. Nesses locais eu acredito que deveria haver uma rigorosa fiscalização e será que as autoridades estão preocupadas com isso? há serviço de inteligência realmente voltado para isso? e tem mais, existem também as mulheres bombas mulçumanas que basta tirar o véu que se parecerão com as mulheres ocidentais e pela causa não duvidem. que elas tiram até o véu e a burca. Curioso que os mulçumanos se espalham pelo mundo e lá ficam seus templos e professam sua religião, mas não admitem que em seus territórios outras crenças se estabeleçam. estudem o comportamento dos gafanhotos e entenderão essa gente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here