Universidade federal promoverá oficinas de esquerda e expulsará quem não comparecer

40
18

A Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Minas Gerais, obrigará todos os calouros de seus cursos a participarem de oficinas de militância esquerdista. A semana de “Recepção de Calouros” da universidade incluirá oficinas organizadas pela “Coordenadoria de Assuntos de Diversidade e Diferenças” da própria universidade. E os calouros que faltarem serão expulsos do curso e da Universidade.

De acordo com a programação oficial da semana, o segundo dia da recepção aos calouros incluirá oficinas de “diversidade e diferenças” e cada calouro “deve escolher uma oficina de acordo com seu interesse e o turno do curso”. No turno da manhã estão previstas oficinas de “Controle Social e Garantia de Direitos”, “Gênero e Sexualidade”, “A Política de Cotas na Universidade Brasileira”, “Gênero e Trabalho”, “Questões de Gênero”, “Mulheres fazem e contam a História: Saberes, Ciência e Movimentos Sociais” e “História da Lutas do Movimento LGBT”. No turno noturno serão oferecidas praticamente as mesmas oficinas com adição da oficina “Mulheres e as Ciências Exatas: um diálogo possível”.

De acordo com o site oficial da UFLA, os calouros devem ter presença obrigatória em todos os dias da recepção, incluindo nas oficinas de militância esquerdista. A universidade cita, inclusive, uma resolução que pune com expulsão do curso e da Universidade aqueles que não compareçam em alguma das atividades: “O estudante que deixar de comparecer às atividades de recepção de calouros será automaticamente desvinculado do curso e da Universidade”. (artigo 49 da Resolução CEPE n° 42, de 21 de março de 2007).

Recepção aos calouros da UFLA terá oficinas obrigatórias de militância esquerdista. Fonte: UFLA

40 COMMENTS

  1. Doutrinação,alienação,submissão.
    Pilares de uma esquerda nojenta que tem que ser banida desse país rapidamente !!!!!!!

  2. Vou denunciar ao Ministério Público esta excrescência doutrinária .Isto é ditadura !

  3. Querido,
    A UFLA realiza a semana do calouro para que os mesmos interagem entre si, conheça a universidade, o curso que está fazendo e oficinas e palestras sobre assuntos que são mascarados no dia a dia. Uma universidade tão renomada como a UFLA compreende as lutas sociais e de maneira organizada e diversificada ela traz essas oficinas para que os calouros, desde o início, aprendam a dar respeito ao próximo, para que casos de preconceitos e afins não aconteçam dentro da universidade. Por ser a semana destinada aos calouros a presença deles são de extrema importância e obrigatoriedade, mais isso não impede em momento algum do calouro faltar as palestras, o mesmo poderá justificar sua falta sem ser “expulso”. Não é porque as palestras é de cunho social e de lutas pelos direitos igualitário em todas as classes que a universidade é de esquerda, isso não tem ligação alguma com partido políticos e sim com criar universitários capazes de respeitar e conviver com as diferenças.

  4. Tempos modernos. No meu tempo aula trote era pelo menos engraçado, e no final o dinheiro coletado para “material didático” era bebido em cerveja mesmo. Hoje em dia aula trote é só sofrimento mesmo…

  5. Os esquerdopatas obrigando todos os alunos a frequentarem atividades exta-curricular. Ah, e claro que além de expulsar ainda vão chamar de fascistas quem não comparecer. E se criticar, de nazista.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here