Vândalos de esquerda depredam Centro Acadêmico na UnB

Vândalos de esquerda ligados ao “movimento estudantil” da Universidade de Brasília (UnB) depredaram na madrugada desta quinta-feira (03) o Centro Acadêmico de Agronomia (CAAGRO) da universidade.

O espaço foi pichado pelos fascistas com frases como “respeita as mina”, “macho escroto passa mal”, “resistência LGBT”, “morte ao agronegócio”, e, ironicamente, “fascistas” e “agrofascistas” (imagens abaixo). De acordo com o Movimento Reação Universitária, o crime foi cometido por “comunistas que nos últimos dias têm promovido ondas de invasões e autoritarismo na UnB”. O Reação se manifestou contra o ato de vandalismo e prestou solidariedade “aos alunos de agronomia, ao CAAGRO e a todos os estudantes que estão contra essa pilantragem dos grupos extremistas da UnB”. Um ofício foi protocolado junto à reitoria na UnB solicitando a aplicação de sanções civis e penais aos vândalos.

Esta não foi a primeira ação promovida pelo grupo fascista na universidade nos últimos dias. Aulas têm sido invadidas por esquerdistas para que sejam interrompidas em nome da “greve aprovada pelos estudantes” como é possível verificar no vídeo abaixo.

Vândalos de esquerda depredaram CAAGRO da UnB
Vândalos de esquerda depredaram CAAGRO da Unb
Vândalos de esquerda depredaram CAAGRO da UnB

 

7 COMMENTS

  1. “Se o campo não planta, a cidade não janta”, disse uma moça de uma pequena fazenda, no quadro “o Brasil que eu quero” do jornal nacional. Pelo que vemos, agora existe uma nova fobia surgindo no Brasil: a “agrofobia”. Que dureza!

  2. Essas faculdades federais estão dando um nó nas nossas cabeças. São sua maioria esquerda e assim mesmo, os esquerdistas as depredam? E saber que a 90% desses esquerdistas são filhos da “elite do zóio azur” que eles tanto combatem.

    • Apenas uma pequena parcela de tais estudantes é esquerdista – apesar de existirem algumas federais bem ruins e cheio de esquerdistas. O problema é que esquerdista é barulhento e desrespeitoso. Enquanto que aceitamos suas ideias tortas, eles não aceitam senão a deles. E quando não conseguem o que querem, reclamam da falta de voz. Mas quando reclamamos justamente da falta de voz – por sermos impedidos de falar – eles resolvem te destruir.

  3. Essa é a UNB. Um antro de vagabundo socialista, que são contra o corte de verbas, mas são a favor da depredação pública. Sonho com o dia em que a PM possa entrar em universidade pública.

  4. A reitora da UnB, Márcia Abrahão, foi eleita com o apoio do PT. Ela apenas finge lidar com essas “manifestações”. É por isso que eles nunca são punidos.

  5. Se são contra o agronegócio, deem merdas para eles comerem, isso não é movimento é um amontoado de vagabundos e bandidos que não tem o que fazer, 2018 está ai, e nas eleições com certeza teremos novidades para acabar com essa baderna, e com esse lixo todo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here