Se você pensa que esquerda é liberdade, a esquerda não é liberdade não!

3
Compre frações de Bitcoins na Foxbit

A esquerda defende a liberdade. A liberdade de concordar com a esquerda. Liberdade e socialismo, sabe?

O caso das fantasias de Carnaval é um exemplo.

Homem vestido de mulher no Carnaval não pode porque é “desrespeitoso com as próprias mulheres”, “preconceituoso contra as pessoas trans” e “reforça os estereótipos de gênero”. No resto do ano está liberado, pode até dar umas pauladas nas mulheres no vôlei ou no MMA, e quem criticar é “transfóbico”. Note que mulher vestida de homem está liberado (senão as feministas não poderiam participar da festa). Só macho de peruca está proibido.

Fantasia de índio não pode porque é “estereotipada” e desrespeita a “população indígena vítima de genocídio” (hein?). Índio se fantasiar de “homem branco” com direito a calças jeans e Hilux 4×4 está liberado o ano todo. Fantasia de bandeirante no Carnaval está tranquila também, é bom que caça o pessoal fantasiado de índio.

Cigano ou cigana? Nada disto. Onde já se viu “estereotipar” uma cultura tão “marginalizada na sociedade” e “reduzir a cultura do povo cigano a uma bandana”? Ir de mexicano, irlandês, japonês, chinês ou qualquer outra cultura, entretanto, está autorizado. Se for de jamaicano maconheiro então, melhor ainda.

Fantasia sensual de empregada doméstica ou enfermeira? Absurdo, como ousa mostrar nas ruas as “relações de poder e o machismo” desta forma? Melhor sensualizar outras coisas como unicórnios, super heróis e essas coisas que crianças adoram. Afinal, criança pegando em adulto pelado é arte.

Começou a passar tinta preta no rosto para virar “nega maluca”? Racista apropriador cultural! Onde já se viu “ridicularizar as mulheres negras e satirizar a população negra” com tinta preta! Deixe essa tinta pra lá e use uma fantasia mais apropriada como loira burra ou, se você for homem, negão do Whatsapp está autorizado (“objetifica” os homens negros, mas no Carnaval é marketing!).

Iemanjá ou muçulmano? Jamais! Desrespeito às religiões que sofrem intolerância e racismo! Mas tirar sarro do cristianismo está liberado: padre, pastor, Maria, Jesus, santos, tudo vale para desmoralizar a religião da burguesia! Se enfiar um crucifixo naquele lugar então, periga ser eleita a melhor fantasia do Carnaval!

No fim, a esquerda quer mesmo é que você se fantasie de esquerdista: vagabundo, maltrapilho, ignorante e cagador de regras na vida alheia. E Fora Temer!

COMPARTILHAR
Marcelo Faria
Presidente do ILISP e empreendedor.

3 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de tudo isso só os nutelas, filhinhos de papai e universitários bem de vida seguem o que esses loucos da esquerda dizem. O mais tristes que são justamente esses que tem mais chances de governar o país no futuro, visto que os jovens que estudam e trabalham não tem essa preocupação de engajar em política.
    Afinal desde de pequenos somos ensinados que política, gosto e religião não se discute.

  2. O Brasil,com essa porquice chamada politicamente correto,esta se tornando um país insuportável de se viver.Além das mentiras diárias da imprensa sobre reformas disso e daquilo,ainda temos que ver idiotas se vitimizando porque é negro e um branco pintou o rosto de negro porque é carnaval e ele só quer se divertir! O Brasil esta ficando CHATO e as tais minorias,que sempre faço questão de dizer que não são minorias coisa nenhuma cada mais mais ordinárias! Ponto final!

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Insira seu nome