DOE

O recado das urnas para justiceiros sociais, cientistas políticos e jornalistas “imparciais”

Sim, querido lacrador justiceiro social das redes sociais, Trump venceu no estado onde os LGBTs são mais perseguidos porque não se combate criminosos com CDs da Beyonce e pianos tocando Imagine, se combate com armas.

Sim, querido amante dos hispânicos que ajudou a derrubar o site da imigração canadense (mas nem pensou em dar uma olhada no site da imigração mexicana), Trump venceu em boa parte dos estados onde há mais hispânicos nos EUA. E não foi porque parte desses hispânicos “pensam que são homens brancos”, como disse o lacrador-tolerante-nem-um-pouco-racista Guga Chacra, mas porque ter emprego e comida na mesa importa mais do que mimimi.

Sim, querido sindicalista defensor dos trabalhadores, Trump venceu nos estados do (antigo) “cinturão azul” industrial que sempre votou na esquerda principalmente porque vocês chutaram os operários da working class, enfiando cada vez mais regulações e “proteções” sobre os trabalhadores, o que levou, como qualquer liberal sempre aponta, ao aumento do desemprego e à redução da renda nesses estados. Não adianta ter Obamacare se não há comidacare.

Sim, querido “cientista político” que magicamente sabe que a solução para melhorar a vida dos mais pobres é votar nos candidatos que a esquerda e a mídia apoiam, Trump venceu nos rincões mais pobres dos EUA enquanto Hillary venceu nas partes mais ricas do país. Talvez porque na cabeça de um “pobre” americano (que é, em média, mais rico que 88% dos brasileiros), um cara que ficou bilionário na iniciativa privada – gerando empregos para milhares de pobres – entende mais sobre os pobres do que uma política que ficou milionária fazendo acordos secretos com ditaduras do Oriente Médio.

Sim, queridos jornalistas que se dizem imparciais mas que consideram a Hillary linda-maravilhosa-mulher-lacradora-empoderada, as urnas deram mais uma banana pra opinião tendenciosa de vocês e mostraram que estão pouco se lixando para as manipulações que vocês promoveram durante meses para tentar eleger Hillary.

Sim, querida esquerda militante, eu sei que vocês novamente não aprenderão a lição e reforçarão ainda mais a ideia de que a solução para voltar ao poder é menos armas e mais Imagine, mais Obamacare, mais “impostos sobre as grandes fortunas” e mais “candidata de esquerda linda maravilhosa votem nela” sendo colocado na mídia a cada segundo.

E o resultado disso todos nós sabemos qual será: as redes sociais e as urnas falando, cada vez mais e em diversas partes do mundo, o quanto apoiam cada vez menos todos vocês.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!