DOE

O vídeo com apoiadores de Lula mostra a ignorância dos que ainda defendem o bandido

Um ato convocado por diversas entidades de esquerda para apoiar Lula reuniu apenas 8 mil pessoas na Avenida Paulista, em São Paulo. Um vídeo feito pela Caneta Desesquerdizadora durante o ato, ocorrido no dia 20 de julho de 2017, mostra o nível de ignorância daqueles que ainda vão às ruas apoiar um criminoso como Lula.

https://www.facebook.com/CanetaDesesquerdizadora/videos/533105387073403/

Do “militante” que só está na rua porque participa de uma “ocupação” (invasão) do MTST (Movimento dos “Trabalhadores” Sem Teto) e pede para falar com a “diretoria” sobre o motivo dele estar na rua até aquele que se “informa” por meio dos “blogs sujos” (como ele mesmo definiu), as imagens mostram o show de horrores que se tornou a esquerda brasileira e como o apoio à Lula se restringe basicamente a um conjunto de pessoas ignorantes e aproveitadores.

O desfile de bobagens inclui quem acredita que “privatizar faz mal ao Brasil” (como se o ideal fosse deixar empresas estatais bilionárias nas mãos de políticos e burocratas, normalmente corruptos), que Sergio Moro foi “treinado nos EUA” e está “perseguindo Lula para evitar que ele seja candidato”, que há “mãos americanas no golpe contra Dilma” (incluindo o McDonald’s, que “tomou conta” do Brasil) e que “a direita não foi condenada” (citando Aécio Neves, como se um social-democrata fosse “de direita” e como se fosse possível a Sergio Moro condenar um senador com foro privilegiado).

As imagens também mostram o pouco apoio que as pautas de Lula e seus comparsas possuem. Mesmo com alguns milhares de ignorantes no ato, houve poucos gritos a favor do “Fora Temer”, do “Eleições sem Lula é fraude”, da “reação ao avanço da direita” e outras bobagens similares. Quando se compra “apoiadores” com sanduíches, promessas de casa própria (paga com o dinheiro dos reais trabalhadores) e imposto sindical, o resultado é esse: pessoas apáticas que se limitam a dançar ao som de batuques e ouvir caladas as porcarias ditas do alto de um carro de som.

Das falas de pseudo “líderes sociais” que não lideram ninguém, cabe destacar a gritante e estridente representante da UNEafro (“União de Núcleos de Educação Popular para Negras/os e Classe Trabalhadora”). De acordo com ela, a condenação de um bandido branco, hetero, rico (até o momento quase 10 milhões de reais em dinheiro bloqueados pela justiça) e com três apartamentos e um sítio foi “racista, machista, elitista e classista”. Mais sem sentido, impossível.

Por fim, cabe salientar o eterno apoio a ditadura socialistas (classificadas como “governos populares”) como a Venezuela, a tara pela “influência dos Estados Unidos” e as mentiras contadas para sustentar o apoio ao bandido Lula. Uma das entrevistadas chega a dizer que “não terá mais 30 dias de férias” (com a reforma trabalhista) apenas para afirmar, segundos depois, que já está aposentada; e que foi graças ao governo Lula que ela “arranjou um emprego, fez uma faculdade e se aposentou”, como se fosse possível fazer as três coisas em oito anos.

Em resumo, este é o retrato dos poucos que ainda apoiam Lula: um show de ignorância, mentiras, militância paga e muitos discursos inflamados para pessoas apáticas. Com a diferença que, agora, há aqueles capazes de mostrar em vídeo o que a mídia – amplamente a favor da esquerda – quer esconder de você.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!