DOE

Temer tentou acabar com a Lava Jato, mas permitiu a prisão que pode acabar com o seu governo

Para tentar acabar com a Lava Jato, Michel Temer tirou, em pleno domingo, Osmar Serraglio do Ministério da Justiça. Em seu lugar foi colocado Torquato Jardim, que assumiu dizendo que “não sabia” se iria trocar o comando da Polícia Federal.

Para evitar que o deputado federal Serraglio voltasse à Câmara e seu suplente Rocha Loures – o homem da mala de Temer – perdesse o foro privilegiado, Temer indicou Serraglio para o Ministério da Transparência.

O que Temer não contava é que Serraglio – por birra ou ameaça – não aceitasse o novo ministério, o que tirou Rocha Loures do Congresso e deixou a Lava Jato livre para solicitar a sua prisão, a qual efetivamente ocorreu hoje.

Se Rocha Loures efetuar uma delação premiada, será o fim do governo Temer.

Temer teme. E treme.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!