DOE

Aliado de Russomanno obtém decisão judicial para limitar Uber em São Paulo

A cinco dias das eleições municipais, o aliado de Celso Russomanno e defensor do cartel de táxis, vereador Adilson Amadeu, obteve na justiça uma limitar que pode fazer a prefeitura voltar a perseguir os motoristas do Uber na cidade de São Paulo.

De acordo com o escritório de advocacia que representa Amadeu e outros taxistas na ação, o Gislaine Nunes e Advogados, o Juiz Valentino Aparecido de Andrade, da 10ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, definiu em decisão limitar que o Decreto 56.981/2016, criado pelo prefeito Fernando Haddad para regularizar o Uber, “criou e incentivou um regime injusto de desigualdade de condições, ao não impor qualquer limite de veículos a serem utilizados no serviço de transporte individual de passageiros por plataforma tecnológica mantido e gerido pela ré, Uber”. A íntegra da decisão está disponível no site do Tribunal de Justiça de São Paulo.

De acordo com a divulgação da decisão, a prefeitura tem 30 dias para limitar o número de carros do Uber na cidade e submeter seus motoristas às mesmas burocracias dos táxis (placa vermelha, Condutaxi, etc.), sob pena de multa de 500 mil reais por dia, o que pode levar a prefeitura a perseguir novamente os motoristas do Uber e voltar a favorecer o cartel de táxis. A decisão judicial foi comemorada em vídeo por Adilson Amadeu, o qual aproveitou para pedir votos para si mesmo e seu aliado na disputa pela prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno:

https://www.facebook.com/TaxiemSaoPaulo/videos/1161470710557869/

O escritório Gislaine Nunes e Advogados se apresenta como “famoso por defender causas de grande repercussão no futebol, defendo atletas de renome (Ronaldinho Gaúcho, Rogério Ceni e Deivid Souza). O vereador Adilson Amadeu é conhecido por agir de forma agressiva contra todos aqueles que fossem contra o cartel de táxis e a favor do Uber e demais aplicativos.

Cabe lembrar que o próprio candidato a prefeito pelo PRB, Celso Russomanno, esteve em um vídeo ao lado de Adilson Amadeu para defender o cartel de táxis e lutar contra a liberdade nos transportes representada pelo Uber e demais aplicativos.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!