DOE

Apenas 2 deputados se manifestaram contra o reajuste de R$ 58 bi aos servidores públicos

Em um total de 513 deputados federais, apenas dois se manifestaram contra os aumentos dos gastos públicos: Dep. Nelson Marchezan Junior (PSDB/RS) e Dep. Paulo Eduardo Martins (PSDB/PR). A aprovação do reajustes aos servidores públicos vai custar ao estado brasileiro R$ 58 bilhões até 2019, um valor equivalente a duas vezes o gasto anual com o programa Bolsa Família.

O Brasil enfrenta uma enorme crise fiscal que levou a um rombo de R$ 170 bi e precisa reduzir drasticamente os gastos públicos. Um reajuste bilionário como esse vai  obrigar o governo a cortar gastos sociais, sendo que a prioridade deveria ser a redução na folha de pagamento dos servidores públicos e o enxugamento da máquina pública.

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!