DOE

Após censura da Justiça, busca pelo livro ‘Minha Luta’ de Hitler dispara na Internet

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, no dia (03/02) acatou um pedido do Ministério Público Estado (MPE) e mandou recolher as edições de “Minha Luta”, o manifesto nacional-socialista de Adolf Hitler. O objetivo era acabar com a proliferação de ideias que podem influenciar indivíduos a formarem grupos “neonazistas”. Mas a censura não funcionou. Desde que a medida foi implantada, a busca pelo livro “Minha Luta” no Google, como mostra a ferramenta “Trends” do próprio buscador, aumentou vertiginosamente.

A proibição do livro de Hitler fracassa assim como a proibição de qualquer outro produto pelo estado e ainda desperta interesse da população apenas por ser proibido. A infeliz decisão da justiça mostra que o combate contra ideias das quais discordamos – como as ideias anti-liberais do socialista Adolf Hitler – se faz por meio de ideias melhores e não por meio da proibição estatal.

minha luta

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!