DOE

Cabo Verde, na África, confirma 7164 casos de zika e nenhum caso de microcefalia

Após os governos dos latino-americanos Colômbia e El Salvador terem confirmado a ausência de casos de microcefalia nos fetos de grávidas contaminadas com o zika vírus, o Ministério da Saúde de Cabo Verde, na África, confirmou que o país registrou 7164 casos de zika vírus entre outubro e janeiro, sendo 130 grávidas, sem que tenha havido qualquer registro de casos de microcefalia.

A capital do país, Praia, registra o maior número dos casos (4837). O número de casos de zika vírus no país, que chegaram a atingir 500 por semana, caíram para 65 por semana após campanhas de conscientização sobre o mosquito.

Com informações do Voz da América

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!